Geral

Motorista morre ao tombar carreta em curva perigosa da MS-080, em Campo Grande

Caminhoneiro ficou preso às ferragens e morreu no local, segundo o Corpo de Bombeiros. Colegas reclamam da falta de sinalização na rodovia que liga a Capital a Rochedo.

Arquivo Publicado em 20/10/2010, às 18h13

None

Caminhoneiro ficou preso às ferragens e morreu no local, segundo o Corpo de Bombeiros. Colegas reclamam da falta de sinalização na rodovia que liga a Capital a Rochedo.

Uma carreta Mercedes-Benz carregada com cerca de 25 toneladas de calcário tombou na rodovia MS-080, na saída de Campo Grande para Rochedo, por volta das 14 horas desta quarta-feira (20). O motorista Cesar Schmidt, 25 anos, ficou preso às ferragens e morreu no local, segundo o Corpo de Bombeiros.


Informações preliminares dão conta de que não há outros veículos envolvidos, a 15 quilômetros da zona urbana da Capital. O local do acidente é uma curva perigosa, e a rodovia não possui acostamento.


A carreta com placas HRG-8585 e reboque HRV-1779, ambas de Rio Brilhante, quebrou o guard-rail com o impacto, e a roda dianteira foi parar a 20 metros da pista, em uma mata. Peritos estão no local para avaliar as circunstâncias do acidente e medir as marcas da frenagem sobre o asfalto. Agentes da Polícia Rodoviária Estadual e da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran) também atendem à ocorrência.


O caminhoneiro William Ferreira, com 10 anos de profissão, ficou indignado com o acidente. Ele disse que a MS-080 não tem sinalização suficiente para alertar os demais motoristas para os perigos da estrada. (Editado às 16h05 para acréscimo de informações)

Jornal Midiamax