Geral

Morte a facadas por ciúmes em Três Lagoas pode ter sido engano

Registrada no começo da madrugada desta segunda-feira, uma morte violenta, no bairro Violetas de Três Lagoas. A vítima, Jonatha Vagner Alves, de 26 anos, foi morto com pelo menos dez golpes de faca na região do peito, queixo e testa, além de ter sido atingido por uma banqueta. A Polícia Militar (PM) foi acionada e […]

Arquivo Publicado em 20/12/2010, às 12h40

None

Registrada no começo da madrugada desta segunda-feira, uma morte violenta, no bairro Violetas de Três Lagoas. A vítima, Jonatha Vagner Alves, de 26 anos, foi morto com pelo menos dez golpes de faca na região do peito, queixo e testa, além de ter sido atingido por uma banqueta.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e a equipe do cabo Ramos e soldado Ederson foi a primeira a chegar ao local. Em conjunto com equipes da Ronda Ostensiva Tática do Interior (Rotai) iniciaram o levantamento que apontou para um caso de crime passional. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas ao chegar ao local já encontrou o rapaz sem vida.

As primeiras informações dão conta que o crime ocorreu por engano. Jonatha deixava a casa de uma mulher que está em fase de separação e o marido e mais dois homens iniciaram a pancadaria assim que ele deixou o imóvel. No entanto, informações da mulher à polícia são de que a vítima estava com outra moça no interior da casa e não com a mulher do agressor.

Sem tempo de explicar, Jonatha apanhou desde a saída da casa e por mais 100 metros, tentando escapar. Os agressores usaram uma faca de cozinha para aplicar aproximadamente 10 estocadas no rapaz e mais alguns golpes com uma banqueta. As duas armas foram encontradas ao lado do corpo.

A polícia já tem o nome de Joniel, Cícero e Alex, que são os suspeitos da morte e estão sendo caçados em vários pontos da cidade. Eles podem ser presos a qualquer momento. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac).

Jornal Midiamax