Geral

Marinha promove curso de paraquedismo no Pantanal

Cento e dez militares do Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais – Batalhão Tonelero, da Marinha do Brasil, participam desde o último sábado, 30 de janeiro, de um curso de Salto Livre em Corumbá. A capacitação vai até 12 de fevereiro e tem o objetivo mais amplo de suplementar a habilitação técnico-profissional de militares […]

Arquivo Publicado em 01/02/2010, às 22h58

None

Cento e dez militares do Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais – Batalhão Tonelero, da Marinha do Brasil, participam desde o último sábado, 30 de janeiro, de um curso de Salto Livre em Corumbá. A capacitação vai até 12 de fevereiro e tem o objetivo mais amplo de suplementar a habilitação técnico-profissional de militares paraquedistas para a execução de salto livre de uma aeronave em voo, utilizando paraquedas de abertura comandada.

O curso é dividido em três fases: teórica realizada no Rio de Janeiro, outra no Simulador de Queda Livre (túnel de vento) realizada em Goiânia e a última fase prática (os saltos), este ano executada na região do Aeroporto de Corumbá, local que reúne excelentes condições meteorológicas e que possui um movimento de tráfego que atende as necessidades do curso.

Participam desta fase prática 40 alunos, além de uma equipe de instrutores e pessoal envolvido no apoio às atividades do curso, totalizando 110 militares da Marinha do Brasil. Após a conclusão desta terceira fase, os novos saltadores livres estarão prontos para missões que exijam uma infiltração por Salto Livre. As informações são da assessoria de Comunicação Social do 6º Distrito Naval.

Jornal Midiamax