Geral

Marcelo D2 diz estar “triste e indigando” com morte de rapper em Niterói (RJ)

“Speed foi o cara que mais me incentivou a cantar. A força de vontade dele e a paixão pela música sempre me impressionaram”, publicou D2 que ainda lamentou não poder comparecer ao enterro do amigo, marcado para a tarde deste sábado, pois estava no aeroporto de Salvador. De acordo com informações do 76º DP, um […]

Arquivo Publicado em 27/03/2010, às 20h00

None

“Speed foi o cara que mais me incentivou a cantar. A força de vontade dele e a paixão pela música sempre me impressionaram”, publicou D2 que ainda lamentou não poder comparecer ao enterro do amigo, marcado para a tarde deste sábado, pois estava no aeroporto de Salvador.


De acordo com informações do 76º DP, um segundo homem, ainda não identificado, com cerca de 30 anos, também foi encontrado morto no mesmo lugar. A rua onde os corpos foram encontrados fica perto da favela do Sabão, localizada na entrada da ponte sentido Niterói-Rio.


A polícia ainda investiga as circunstâncias da morte e os responsáveis pelo duplo homicídio.


O rapper faria uma apresentação na noite deste sábado na casa noturna Fosfobox, durante o evento 7 Day Weekend. Speed, onde, segundo o site da casa noturna, ele apresentaria uma música feita especialmente para a festa.


O rapper, também conhecido como Speedfreaks, começou a carreira no final dos anos 80 e já gravou com o músico Marcelo D2. Chegou também a formar dupla com Gustavo Black Alien.

Jornal Midiamax