Geral

Manifestantes vão ao MPF pedir rigor em investigações

Um grupo de manifestantes irá à sede do Ministério Público Federal (MPF) na manhã de hoje (24) para entregar um documento ao procurador-chefe Blal Yassine Dalloul. A ideia é pedir a abertura de investigação sobre as declarações do deputado estadual Ary Rigo, flagrado em vídeo explicando um suposto “mensalão” em Mato Grosso do Sul. Na […]

Arquivo Publicado em 24/09/2010, às 11h04

None

Um grupo de manifestantes irá à sede do Ministério Público Federal (MPF) na manhã de hoje (24) para entregar um documento ao procurador-chefe Blal Yassine Dalloul. A ideia é pedir a abertura de investigação sobre as declarações do deputado estadual Ary Rigo, flagrado em vídeo explicando um suposto “mensalão” em Mato Grosso do Sul.


Na última quarta-feira, o grupo protestou contra a corrupção em frente ao prédio da Superintendência Regional da Polícia Federal, em Campo Grande.


O protesto é conduzido por entidades como o MST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra), CUT (Central Única dos Trabalhadores), CDDH (Centro de Defesa dos Direitos Humanos) Marçal de Souza, UCE (União Campo-grandense dos Estudantes), DCE (Diretório Central dos Estudantes) da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e Fetems (Federação dos Trabalhadores na Educação de Mato Grosso do Sul).


Os coordenadores do movimento estão agendando para a próxima segunda-feira (27) um ato público na praça Ary Coelho, às 9 horas.

Jornal Midiamax