Geral

Mãe quer que famílias denunciem pedófilo acusado de atacar criança de 5 anos

O pedófilo confesso, Edivaldo Alegre dos Santos, preso desde o último dia 29 de janeiro, acusado pelo Ministério Público Estadual por ter abusado de uma menina de 5 anos, não foi depor hoje (12), na Vara da Infância Juventude e do Idoso de Campo Grande por motivo de “pauta cheia”, de acordo com o juiz David de Oliveira Gomes. […]

Arquivo Publicado em 12/07/2010, às 20h00

None

O pedófilo confesso, Edivaldo Alegre dos Santos, preso desde o último dia 29 de janeiro, acusado pelo Ministério Público Estadual por ter abusado de uma menina de 5 anos, não foi depor hoje (12), na Vara da Infância Juventude e do Idoso de Campo Grande por motivo de “pauta cheia”, de acordo com o juiz David de Oliveira Gomes.

Ele também é acusado de produzir material pornográfico infantil.

O homem era zelador de um residencial na Vila Jacy, onde a menina morava e de acordo com a mãe, Erivaldo pode ter abusado de pelo menos outras cinco crianças. “Ele trabalhava há 4 anos, era conhecido de todos, tinha a confiança dos moradores”, disse.

Segundo ela, o zelador se aproveitava da confiança das crianças e no momento em que elas brincavam nas dependências do residencial, ele oferecia água, bala e as chamava para uma cozinha usada pelos funcionários do prédio, logo na entrada. De acordo com a mãe, a sua filha estava sendo abusada há pelo menos um ano.

“Fico preocupado com as outras crianças, temos que fazer um apelo para que as outras mães tomem coragem e denunciem. A minha filha e eu estamos aos trancos e barrancos, ela tem sido acompanhada por psicólogos, não está sendo fácil”, disse a mãe.

Perguntada em relação ao que ela pensa do acusado, a mãe diz que se sente “indignada, revoltada, sentimento de ódio, vingança e desejo de justiça. E outra coisa, ele não é doente, isso não é doença”, finalizou.


Para denunciar a DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) o telefone de contato é 67-3385-3456.

Jornal Midiamax