Geral

Livro “A Máfia de Paletó” vai revelar nomes de outros envolvidos na corrupção em Dourados

Está marcada para a noite desta quinta-feira (9), no Teatro Municipal de Dourados, a solenidade de lançamento do livro “A Máfia de Paletó”, escrito pelo jornalista e secretário Municipal de Governo, Eleandro Passaia. Em treze capítulos o livro vai revelar e desvelar os nomes de inúmeras pessoas envolvidas em atos de corrupção em Dourados, que […]

Arquivo Publicado em 07/09/2010, às 23h17

None

Está marcada para a noite desta quinta-feira (9), no Teatro Municipal de Dourados, a solenidade de lançamento do livro “A Máfia de Paletó”, escrito pelo jornalista e secretário Municipal de Governo, Eleandro Passaia.


Em treze capítulos o livro vai revelar e desvelar os nomes de inúmeras pessoas envolvidas em atos de corrupção em Dourados, que não apareceram nas gravações da Operação Uragano, deflagrada pela Polícia Federal.


O livro foi escrito por Passaia ao mesmo tempo em que ele fazia as gravações de pagamentos de propinas aos vereadores, ao prefeito Ari Artuzi, a primeira-dama Maria Aparecida Artuzi e ao vice-prefeito Carlinhos Cantor.


Numa linguagem totalmente poética e carregada de lirismo o livro “A Máfia de Paletó” tem cerca de cem páginas e sua revisão foi feita na noite anterior às prisões e impresso no final de semana.


O livro de Passaia é totalmente ilustrado e de fácil compreensão a qualquer leitor, independente de grau de instrução.


O livro contém relatos de conversas com jornalistas, radialistas, empresários, empreiteiros e assessores de deputados federais e senadores de vários partidos.


Milhares de exemplares do livro foram impressos e estarão à vendas nas livrarias e bancas de revistas e jornais de Dourados a partir de sexta-feira.

Jornal Midiamax