Geral

Líder em queda, Fluminense perde para o Guarani

Aquele que era a sensação do Campeonato Brasileiro terminou de forma frustrante a sua participação no primeiro turno. Após dois empates em casa (contra São Paulo e Palmeiras), o Fluminense perdeu por 2 a 1 para o Guarani, de virada, neste domingo, em Campinas e viu crescer a ameaça da perda do título simbólico da […]

Arquivo Publicado em 05/09/2010, às 20h46

None

Aquele que era a sensação do Campeonato Brasileiro terminou de forma frustrante a sua participação no primeiro turno. Após dois empates em casa (contra São Paulo e Palmeiras), o Fluminense perdeu por 2 a 1 para o Guarani, de virada, neste domingo, em Campinas e viu crescer a ameaça da perda do título simbólico da primeira metade da competição. Agora, a diferença para o segundo colocado Corinthians é de um ponto (38 a 37), e a equipe paulista, que tem um jogo a menos, vai definir o turno enfrentando o Vasco apenas no dia 13 de outubro (assista aos melhores momentos no vídeo ao lado).


Além disso, o Guarani reforçou sua superioridade diante do Tricolor no Brinco de Ouro, onde não perde para este adversário desde 1980, ou 16 partidas (11 vitórias e cinco empates). As duas equipes inciam o segundo turno entrando em campo na próxima quarta-feira. O Fluminense recebe o Ceará no Engenhão, e o Guarani vai ao Serra Dourada enfrentar o lanterna Goiás.


O Guarani começou disposto a fazer valer o mando de campo e foi para cima do Fluminense logo que a partida começou. Mas não mostrava competência, errando muitas conclusões. Além disso, se descuidava na defesa.


Após um erro ofensivo do Guarani, o Fluminense partiu em velocidade pelo lado direito, pegando a defesa adversária aberta. Mariano cruzou pelo alto na cabeça de Washington, que ajeitou para o meio da área. Emerson aparececeu para completar e marcar seu oitavo gol no Campeonato Brasileiro. Eram 12 minutos do primeiro tempo e o Fluminense, com o resultado, garantia o simbólico título do primeiro turno.


Aos poucos o Guarani equilibrou a partida e foi beneficiado quando, aos 29 minutos, Emerson saiu de campo sentindo dores na coxa esquerda. Sem o seu artilheiro, substituído por Rodriguinho, o Tricolor perdeu força ofensiva e passou a ser pressionado pelo Bugre, que empatou aos 33 minutos. Em sua especialidade, o veterano Baiano cobrou falta e fez 1 a 1. Embora a bola não tenha entrado no canto, Fernando Henrique sequer pulou para tentar a defesa.


Com Mazola levando perigo pelo lado esquerdo e aplicando dribles em Mariano e Valencia, o Guarani se empolgou e começou a buscar a virada, mas deixou espaços. Assim, o Fluminense quase marcou seu segundo gol pouco antes do intervalo, depois que o goleiro Emerson rebateu mal uma bola de Julio Cesar. Rodriguinho ficou com a sobra e chutou, mas Ailson tirou em cima da linha.

Jornal Midiamax