Geral

Juiz diz que “foi Deus” quem o pôs na prefeitura de Dourados

O juiz Eduardo Machado Rocha que está neste momento assumindo o cargo de prefeito de Dourados em solenidade na Câmara do município, disse que “foi Deus” quem o colocou no cargo. Ele chegou a ser ovacionado quando pisou o plenário agora há pouco. A população lota o auditório da Câmara para acompanhar a solenidade de […]

Arquivo Publicado em 04/09/2010, às 14h00

None

O juiz Eduardo Machado Rocha que está neste momento assumindo o cargo de prefeito de Dourados em solenidade na Câmara do município, disse que “foi Deus” quem o colocou no cargo. Ele chegou a ser ovacionado quando pisou o plenário agora há pouco. A população lota o auditório da Câmara para acompanhar a solenidade de posse.

O juiz foi nomeado para um mandato interino pelo Tribunal de Justiça atendendo ao pedido do MPE (Ministério Público Estadual). O prefeito da cidade, Ari Artuzi (PDT), o vice-prefeito Carlinhos Cantor (PR) e os demais nomes da linha sucessória da prefeitura foram presos acusados de fraudes em licitações e de recebimento de propina. Nove vereadores estão entre os presos.


Pouco antes de a posse começar, ele anunciou seu primeiro ato no comando da cidade. O vai baixar um decreto determinando auditoria em todas as secretarias da prefeitura. O trabalho contará com a ajuda de técnicos do TCU (Tribunal de Contas da União) do Ministério Público Estadual e do TCE (Tribunal de Contas do Estado).

Jornal Midiamax