Itaporã bate Águia Negra de virada na estreia do Estadual

O Itaporã levou a melhor sobre o Águia Negra na estréia das duas equipes no Campeonato Estadual. Jogando na tarde deste domingo no Estádio Chavinha, o time da casa venceu, de virada, por 2 a 1 e, junto com o Sete de Setembro, é um dos líderes do Grupo A. O gol da vitória foi […]
| 08/02/2010
- 04:14
Itaporã bate Águia Negra de virada na estreia do Estadual

O Itaporã levou a melhor sobre o Águia Negra na estréia das duas equipes no Campeonato Estadual. Jogando na tarde deste domingo no Estádio Chavinha, o time da casa venceu, de virada, por 2 a 1 e, junto com o Sete de Setembro, é um dos líderes do Grupo A. O gol da vitória foi marcado pelo estreante Leandrinho, douradense que fez seu primeiro jogo como jogador profissional.

O jogo

Mesmo jogando fora de casa, o Águia Negra tomou a iniciativa no começo da partida e pressionou o Itaporã. Dionei, aos três minutos, quase abriu o placar após cruzamento de Tatico, mas chegou atrasado. A resposta do Itaporã veio em seguida. Cleuber bateu falta da esquerda, a bola passou por todo mundo e bate na trave e no rebote Márcio bateu por cima. Aguiar aos 14 minutos, Telson cobrando falta aos 20 e Aguiar de novo aos 32 ainda tiveram a chance de inaugurar o placar para o time da casa. Mas quem fez isso foi o Águia. Aos 39 minutos Buiu cobrou escanteio pela esquerda e Dionei ganhou da zaga para fazer 1 a 0.

A desvantagem fez com que o Itaporã voltasse pressionando no segundo tempo e o resultado apareceu logo. Aos quatro minutos, Jô foi derrubado na área após passar por dois marcadores. Pênalti bem marcado pelo árbitro Marcos Matheus Pereira. Na cobrança, Léo não deu chances ao goleiro Naldo e empatou o jogo. Dez minutos depois, o mesmo Léo quase virou o jogo após rebote da defesa, mas chutou para fora.

Após o empate o Itaporã recuou e ai foi a vez do Águia pressionar. Primeiro com Marcelo Tevez aos 16 minutos e depois com Andrade em um contra-ataque aos 20 minutos, mas o lateral não acertou o gol de Diego. A virada aconteceu em seguida. Leandrinho, que entro na vaga de Aguiar, contundido, tabelou com Léo e acertou uma bomba da entrada da área longe do goleiro Naldo aos 23 minutos.

Como aconteceu após o empate, o time da Cidade do Peixe voltou a jogar atrás e faltou pouco para o Águia Negra empatar aos 39 e aos 40 minutos em duas jogadas iguais. Escanteio cobrado por Buiu que Roberto e depois Yuri cabecearam para fora. Aos 46 Dionei ainda teve uma última oportunidade mas, de voleio, chutou para fora.

Para o técnico do Itaporã, Gilmar Bernardes, o time sentiu o inicio do jogo e por isso acabou dando alguns espaços no primeiro tempo, o que foi corrigido no vestiário. “No intervalo pedimos mais velocidade e conseguimos um segundo tempo melhor”, disse aos microfones da Rádio Grande FM.

Herói do time na tarde deste domingo, Leandrinho aproveitou apenas para agradecer a oportunidade dada pelo treinador. “Eu tinha dúvidas se deveria ou não jogar profissionalmente pois tinha um emprego, mas quando e cheguei e o professor Gilmar disse que contava comigo, as dúvidas acabaram e agora aqui estou eu”, encerrou.

Próximos jogos

As duas equipes voltam à campo nesta quarta-feira. O Itaporã enfrenta o Mundo Novo fora de casa. O jogo acontece no Estádio Virotão, em Naviraí, às 16h, já que o Estádio Toca do Urso não está liberado. Já o Águia Negra joga no Ninho da Águia, às 20h, contra o Sete de Setembro, um dos líderes do grupo.

Últimas notícias