Geral

Ipatinga derruba invencibilidade de dois anos do Cruzeiro

O Ipatinga derrubou neste sábado uma longa invencibilidade do Cruzeiro no Mineirão. Jogando em Belo Horizonte, o time do Vale do Aço derrotou a equipe de Adilson Batista por 3 a 0, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Mineiro de 2010. A derrota foi a primeira do Cruzeiro em jogos pelo Campeonato Mineiro […]

Arquivo Publicado em 30/01/2010, às 21h34

None

O Ipatinga derrubou neste sábado uma longa invencibilidade do Cruzeiro no Mineirão. Jogando em Belo Horizonte, o time do Vale do Aço derrotou a equipe de Adilson Batista por 3 a 0, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Mineiro de 2010.

A derrota foi a primeira do Cruzeiro em jogos pelo Campeonato Mineiro no Estádio do Mineirão desde 15 de março de 2008. Na ocasião, em falha incrível do goleiro Andrey, o time perdeu para o Rio Branco de Andradas por 1 a 0. Desde então, acumulava 25 partida sem perder no local.

Com o resultado, os cruzeirenses continuam contabilizando os três pontos que consquistaram na primeira rodada, quando derrotaram o Uberlândia também no Mineirão por 6 a 0. O Ipatinga, em compensação, se reabilita da derrota que sofreu para o Tupi na estreia por 1 a 0 em Juiz de Fora e também acumula três pontos no Estadual de 2010.

Mandante da partida, o Ipatinga começou pressionando mais o gol de Rafael, que substituiu Fábio no gol do time misto do Cruzeiro. Aos 17min, Jajá aproveitou o cruzamento de Francismar e mandou a bola na trave. Três minutos depois, o mesmo Jajá recebeu a bola na esquerda, entrou na área, limpou de Rafael e bateu para o gol. Thiago Heleno salvou em cima da linha, mas o árbitro viu toque de mão e expulso o zagueiro. Pênalti marcado, e convertido pelo ex-palmeirense Thiago Mathias aos 22min.

Aos 40min, diante da apatia cruzeirense, o Ipatinga aproveitou o vacilo da defesa e fez o segundo. Em condição legal, Francismar recebeu o lançamento pela direita, invadiu a área, driblou Rafael e tocou quase sem ângulo para ampliar para os “donos da casa”.

Após o intervalo, os quadricolores fizeram 3 a 0 logo aos 6min e decretaram o derrota azul. Luizinho recebeu na direita, entrou na área, prendeu a bola e chutou de frente para o gol, dando poucas chances para Rafael fazer a defesa. Era o terceiro do Ipatinga, que derrubava os quase dois anos de invencibilidade do Cruzeiro no estádio.

A equipe do interior ainda teve a chance de fazer 4 a 0 aos 8min, em bola de Jajá que explodiu na trave. O Cruzeiro, por sua vez, tentou a resposta no chute perigoso de Jonathan aos 28min, no qual Douglas praticou boa defesa. O goleiro ainda apareceu bem de novo aos 35min, defedendo chute rasteiro de Thiago Ribeiro e garantindo o zero no placar.

No fim, após cruzamento rasteiro de Reina, Amilton quase fez o quarto gol do Ipatinga de letra – a bola foi para fora. Mesmo assim, o gol não fez falta para o Ipatinga, que volta a entrar em campo no próximo domingo, quando volta ao Mineirão para enfrentar o Atlético-MG. Um dia antes, no mesmo local, o Cruzeiro recebe o Villa Nova.

Jornal Midiamax