Geral

Inmetro encontra irregularidades em pescados congelados

Técnicos do Inmetro coletaram neste mês para analise pescados congelados em estabelecimentos comerciais de Campo Grande. Após os exames realizados no laboratório da Agência, foi constatado que de 21 produtos de 14 marcas distintas, 13 foram reprovados e oito aprovados. No total, foram analisados 100 quilos de pescados e 20 de camarão. A atividade faz […]

Arquivo Publicado em 26/03/2010, às 21h44

None

Técnicos do Inmetro coletaram neste mês para analise pescados congelados em estabelecimentos comerciais de Campo Grande. Após os exames realizados no laboratório da Agência, foi constatado que de 21 produtos de 14 marcas distintas, 13 foram reprovados e oito aprovados.

No total, foram analisados 100 quilos de pescados e 20 de camarão. A atividade faz parte da “Operação Páscoa” e objetiva analisar quantitativamente os produtos, ou seja, verificar se a quantidade e o peso correspondem ao que está indicado na embalagem.

A empresa/indústria que colocar quantidade excessiva de água na embalagem do produto pode ser submetida a uma multa que varia de R$ 100,00 a R$100 mil.

As verificações comprovaram que, em média, os consumidores levam para casa um percentual de 20% a 25% de gelo do conteúdo nominal do produto.

Ovos de Páscoa

Além do pescado, agentes do Inmetro também recolheram amostras dos tradicionais ovos de chocolates e bombons. A “Operação Páscoa” constatou que esses produtos foram aprovados, pois estão em conformidade com as normas exigidas pelo Inmetro. Os ovos de páscoa periciados são de seis marcas diferentes.

Sobre os brinquedos anexados aos ovos de páscoa, a gerente de Qualidade da AEM/MS, Luciana Boni Cogo, sugere que o consumidor fique atento: “Quando houver um brinquedo no interior do produto, deverá constar na embalagem que existe esse brinquedo e que é certificado pelo Inmetro”, destaca Luciana.

Se o consumidor tiver dúvidas ou suspeitar de qualquer problema no que diz respeito aos produtos mais consumidos durante a Semana Santa, pode ligar gratuitamente para a Ouvidora do Inmetro por meio do telefone 0800 67 52 20.

Jornal Midiamax