Geral

Inflação do aluguel fica em 1,03% na segunda prévia de setembro

Índice mostra uma alta em comparação à inflação do mesmo período do mês anterior, que havia sido de 0,55%. O IGP-M é o índice usado para reajustar a maior parte dos contratos de aluguel. O dado foi divulgado hoje (21) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Arquivo Publicado em 21/09/2010, às 13h52

None

Índice mostra uma alta em comparação à inflação do mesmo período do mês anterior, que havia sido de 0,55%. O IGP-M é o índice usado para reajustar a maior parte dos contratos de aluguel. O dado foi divulgado hoje (21) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) foi de 1,03% no segundo decêndio do mês de setembro, isto é, no período entre 21 de agosto e 10 deste mês. O índice mostra uma alta em comparação à inflação do mesmo período do mês anterior, que havia sido de 0,55%. O IGP-M é o índice usado para reajustar a maior parte dos contratos de aluguel. O dado foi divulgado hoje (21) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Entre os três subíndices do IGP-M, apenas o Índice Nacional de Custo da Construção registrou inflação mais baixa em setembro do que em agosto. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) teve inflação de 1,45% no segundo decêndio deste mês, contra a taxa de 0,89% no mesmo período do mês anterior.


Entre os itens que mais influenciaram a inflação do IPA estão os alimentos processados, que tiveram inflação de 3,88%, o algodão em caroço (33,30%), milho em grão (12,25%) e bovinos (4,66%).


O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) teve inflação de 0,24%, contra uma deflação de 0,28% em agosto. O índice do segundo decêndio de setembro foi superior em cinco das sete classes de despesa pesquisadas, com destaque para alimentação, que teve alta de 0,28%. Em agosto, o índice havia sido de –1,33%.


O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) registrou, no segundo decêndio de setembro, taxa de 0,14%, ante 0,27%, no segundo decêndio do mês anterior.


Jornal Midiamax