Geral

Índios entram em confronto com peões em Douradina; há feridos

Índios da etnia caiuá entraram em confronto, nesta manhã, na região chamada Lagoa Rica, em Douradina, no sudoeste de Mato Grosso do Sul, com homens que seriam peões de fazendeiros da região. Técnicos do posto da Funai (Fundação Nacional do Índio) de Dourados se deslocam para o local. Ao menos dois índios teriam ficam feridos. […]

Arquivo Publicado em 21/09/2010, às 11h57

None

Índios da etnia caiuá entraram em confronto, nesta manhã, na região chamada Lagoa Rica, em Douradina, no sudoeste de Mato Grosso do Sul, com homens que seriam peões de fazendeiros da região. Técnicos do posto da Funai (Fundação Nacional do Índio) de Dourados se deslocam para o local. Ao menos dois índios teriam ficam feridos. Não há, por enquanto, identificação.

Informações preliminares apontam que cerca de 80 famílias indígenas estariam acampadas em terras particulares. Nesta manhã, um grupo de capangas chegou ao local com pelo menos 17 veículos, trator e portando armas. O objetivo seria desfazer o acampamento e liberar as terras. Os indígenas resistiram à derrubada, se colocando na frente dos veículos.

Um indígena que está no local disse, por telefone, que os peões chegaram a atirar. Segundo ele, há crianças no local. A área ocupada tem ao menos 2 mil hectares. O local que fica a 1 quilômetro da aldeia Panambi já teria sido palco de outros confrontos.


O Midiamax acompanha o caso.

Jornal Midiamax