Geral

Idoso morre após presenciar filho ser abordado pela PM

O idoso Francisco das Chagas Nascimento, de 60 anos, morreu devido a um infarto por volta das 20 horas deste domingo (24), no bairro Senhor Divino, em Coxim. A esposa da vítima, Maria Selma, de 60 anos, acredita que a forte emoção de presenciar policiais militares abordando o filho de 18 anos tenha causado o […]

Arquivo Publicado em 25/10/2010, às 11h38

None

O idoso Francisco das Chagas Nascimento, de 60 anos, morreu devido a um infarto por volta das 20 horas deste domingo (24), no bairro Senhor Divino, em Coxim.

A esposa da vítima, Maria Selma, de 60 anos, acredita que a forte emoção de presenciar policiais militares abordando o filho de 18 anos tenha causado o infarto. Segundo Maria, o filho voltava para casa, na rua Frei Cirino, 983, quando foi abordado pela polícia.

“Meu marido estava em frente de casa e presenciou a abordagem, deve ter imaginado que estavam prendendo meu filho e começou passar mal”, contou Maria. A família ainda tentou socorrer o idoso, mas ele acabou morrendo nos braços do filho.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas, quando chegou ao local, a vítima já estava sem vida. A central afirma que foi acionada às 20h03, mas os policiais que assumiram o plantão às 20 horas negam que tenham feito a abordagem.

O agente de polícia científica, Celso Rodrigues, afirmou que a causa morte foi infarto agudo do miocárdio. A vítima sofria com problemas no coração há 11 anos, de acordo com a família.

5º BPM – Conforme a polícia militar, dois policiais fizeram a abordagem por volta das 19h50, quando cruzaram com o filho da vítima trafegando numa motocicleta na contramão.

A polícia afirma que foi uma abordagem de orientação, sendo que o motociclista sequer foi multado. Os policiais chegaram a conversar com o casal e pediram que orientasse o filho. Em seguida, entraram na viatura e seguiram para o quartel, onde deixaram o plantão às 20 horas.

Jornal Midiamax