Geral

Hemosul encerra amanhã Campanha da Semana Nacional de Medula Óssea

A Campanha em prol da Semana de Medula Óssea realizada pela Hemorrede de Mato Grosso do Sul encerra as atividades amanhã (17). O evento teve o objetivo de potencializar o trabalho de conscientização junto à população quanto à importância de se cadastrar como doador voluntário de medula óssea para salvar vidas. A Campanha acontece em […]

Arquivo Publicado em 16/12/2010, às 13h59

None

A Campanha em prol da Semana de Medula Óssea realizada pela Hemorrede de Mato Grosso do Sul encerra as atividades amanhã (17). O evento teve o objetivo de potencializar o trabalho de conscientização junto à população quanto à importância de se cadastrar como doador voluntário de medula óssea para salvar vidas.

A Campanha acontece em todo o Brasil e faz parte da Semana de Medula Óssea, instituída em 2009. De acordo com a assessoria do Centro de Hemoterapia e Hematologia de Mato Grosso do Sul (Hemosul), durante toda a semana houve o cadastramento de doadores de medula óssea nos núcleos hemoterápicos da Capital e no interior do Estado.

Os municípios do interior que estão recebendo cadastros são: Corumbá, Ponta Porã, Aquidauana, Três Lagoas, Dourados, Coxim e Paranaíba. Na Capital, os postos de coleta são no banco de sangue do Hospital Regional, Hospital Universitário e Santa Casa, os três somente na parte da manhã. O Hemosul está disponível o dia inteiro para cadastramento de doadores.

Segundo a assessora de comunicação do Hemosul, Mayra Franceschi, a intenção é mobilizar o maior número de doadores possível. “É importante o cadastramento de mais doadores, pois achar um doador compatível às vezes se torna muito difícil. O Transplante de Medula Óssea é a única esperança de cura para muitas pessoas que estão com leucemia e outras doenças do sangue”, afirma Mayra.

Durante esta semana, o núcleo hemoterápico dos municípios de Coxim, Naviraí e Nova Andradina também estão recebendo cadastros de doadores de medula óssea. Segundo dados do Hemosul, no Estado, cerca de 70 mil doadores já deram o primeiro passo para salvar vidas se cadastrando como doadores de medula óssea.

Jornal Midiamax