Geral

Grevistas são impedidos de retornar para local de trabalho

Trabalhadores da empresa IACO Agrícola S/A, no município de Costa Rica, foram impedidos de retornarem para a fazenda na tarde desta quarta-feira. Ontem eles deflagraram greve alegando que acordos trabalhistas que não estavam sendo cumpridos. Na tarde de hoje, os trabalhadores deixaram a fazenda, que fica a aproximadamente 60 quilômetros do centro de Costa Rica, […]

Arquivo Publicado em 08/09/2010, às 20h39

None

Trabalhadores da empresa IACO Agrícola S/A, no município de Costa Rica, foram impedidos de retornarem para a fazenda na tarde desta quarta-feira. Ontem eles deflagraram greve alegando que acordos trabalhistas que não estavam sendo cumpridos.

Na tarde de hoje, os trabalhadores deixaram a fazenda, que fica a aproximadamente 60 quilômetros do centro de Costa Rica, para fazer compras e depositar dinheiro para familiares, uma vez que todos são de outros estados. Quando embarcaram no ônibus da IACO para retornar, foram informados pelo motorista que há uma ordem do gerente da fazenda para deixá-los na cidade.

A ordem era para que o motorista deixe os trabalhadores em algum hotel da cidade e que a conta da hospedagem será arcada pela empresa. Porém, os trabalhadores não concordam com a propostam e nem a entendem. Eles acionaram a polícia civil para tentar contornar a situação, porém o delegado disse que a decisão é dos trabalhadores em aceitar ou não.

Paralisação

Entre as reivindicações dos trabalhadores está o não pagamento de hora extra trabalhada, que segundo os trabalhadores o valor pago está abaixo do combinado. Além disso, os trabalhadores alegam que está havendo descontos no contra cheque que não estavam previsto no acordo de trabalho.

Jornal Midiamax