Grávida que esperava vaga em UTI do Hospital da Mulher perde gêmeos

Hospital da Mulher em Dourados, informou ao Midiamax que demora não teria sido o motivo e sim o quadro de saúde dos gêmeos
| 03/04/2010
- 23:49
Grávida que esperava vaga em UTI do Hospital da Mulher perde gêmeos

Hospital da Mulher em , informou ao Midiamax que demora não teria sido o motivo e sim o quadro de saúde dos gêmeos

Na última quinta-feira (31), três mulheres que tinham risco de dar à luz em parto prematuro, esperavam por vaga na UTI Neonatal do Hospital da Mulher em Dourados. Duas delas conseguiram ter seus filhos junto com a vaga no mesmo dia, os bebês passam bem.

Porém, o Midiamax entrou em contato hoje (3) com o hospital e teve a informação de que na tarde de ontem (2), a terceira mãe teve gêmeos, mas os bebês já nasceram em óbito.

 

Os responsáveis pelo plantão do hospital no momento não souberam informar o peso e nem com quantos meses os bebês estavam, tão quanto a identificação das três mães. O fato é que os gêmeos eram prematuros, conforme a apuração do jornal Midiamax.

Ainda de acordo com o hospital, um dos gêmeos já estaria sem vida antes do parto, e por isso, o outro já estava com risco de morte.

A administração da UTI do Hospital disse não acreditar que os gêmeos morreram por causa da espera, e sim pelo quadro de saúde deles.

 

No Hospital da Mulher há 10 leitos de UTI neonatal pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Na ocasião, o secretário de Saúde Mário Eduardo Rocha, admitiu que a situação era preocupante e que acionou a Central de Regulação do Estado para conseguir vaga em .

 

Veja também

Confira o filme publicitário comemorativo dos 46 anos de MS, com narração do cantor Paulo Simões, compositor de "Trem do Pantanal"

Últimas notícias