Geral

Governador provoca petistas durante entrega de patrolas

Bem humorado, o governador André Puccinelli (PMDB) aproveitou a entrega de patrolas, nesta manhã, no pátio da Governadoria para fazer provocações aos petistas que estavam presentes. “Se o PT trabalhasse tanto quanto o tamanho do João Grandão e rendesse pelo menos o tamanho do Biffi [Antônio Carlos, deputado federal], ele ia pra frente”, disse o […]

Arquivo Publicado em 28/01/2010, às 15h49

None

Bem humorado, o governador André Puccinelli (PMDB) aproveitou a entrega de patrolas, nesta manhã, no pátio da Governadoria para fazer provocações aos petistas que estavam presentes.

“Se o PT trabalhasse tanto quanto o tamanho do João Grandão e rendesse pelo menos o tamanho do Biffi [Antônio Carlos, deputado federal], ele ia pra frente”, disse o governador sob os olhares dos dois petistas que riram da piada.

João Grandão que não conseguiu se reeleger deputado federal em 2006 marcou presença no evento por ter sido ele o autor da emenda ao Orçamento da União que originou a compra das máquinas motoniveladoras.

Já Biffi assumiu a autoria da emenda e trabalhou junto com o deputado federal Vander Loubet e o senador Delcídio do Amaral pela liberação dos recursos.

Grandão foi o primeiro a provocar o governador dizendo que tinha lhe deixando como herança “um monte de patrolas”. “Um monte o cacete tive que engrossar o pirão”, respondeu André, gargalhando em seguida.

Conforme o governador 63% do dinheiro da compra das patrolas é de origem federal e os 37% restantes é a contrapartida do governo.

O governador também fez brincadeiras com a ausência do prefeito de Corumbá, o também petista Ruiter Cunha. O prefeito que está em férias mandou o vice Ricardo Éboli (PMDB) representá-lo na solenidade.

“Estão vendo só, o prefeito de Corumbá não veio (…) Teve que mandar o vice agradecer”, disse enquanto posava para fotos com a chave da patrola entregue a Éboli.

As patrolas foram entregues a nove municípios para atendimento a agricultores familiares tradicionais, assentados da reforma agrária, indígenas e quilombolas.

Ainda durante o discurso, o governador garantiu que não tem preconceito partidário e que até o final de sua gestão todas as prefeituras serão contempladas com equipamentos.

O governador deve enfrentar o PT nas eleições de outubro. Hoje, ao ser questionado sobre a tentativa final do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de unir os dois partidos no Estado, conforme notícia veiculada pela Folha de São Paulo, André disse que nada sabia a respeito.

Motoniveladoras

As nove motoniveladoras foram entregues aos municípios de Anastácio, Coronel Sapucaia, Corumbá, Itaporã, Nioaque, Ponta Porã, Porto Murtinho, Santa Rita do Pardo e Sete Quedas.

Conforme o governo, as máquinas foram adquiridos por meio de um convênio executado entre a Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), MDA (Ministério de Desenvolvimento Agrário) e Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 4.800.000,00.

Jornal Midiamax