Governador diz que Celina vai para o TCE, mas não em março

A nomeação da deputada estadual Celina Jallad (PMDB) para uma vaga de conselheira do TCE (Tribunal de Contas do Estado) é aguardado desde o ano passado. A expectativa era de que ela fosse indicada neste mês de março, mas o governador André Puccinelli (PMDB) informou hoje que a indicação da deputada pode ficar para os […]
| 09/03/2010
- 20:33
Governador diz que Celina vai para o TCE, mas não em março

A nomeação da deputada estadual Celina Jallad (PMDB) para uma vaga de conselheira do TCE (Tribunal de Contas do Estado) é aguardado desde o ano passado. A expectativa era de que ela fosse indicada neste mês de março, mas o governador André Puccinelli (PMDB) informou hoje que a indicação da deputada pode ficar para os próximos meses.

“Ela vai ser indicada neste ano ainda, mas não em março. Tem que esperar cumprir o tempo de aposentadoria do conselheiro lá”, disse nesta manhã ao deixar a Escola Padrão das Moreninhas.

Celina está no aguardo da vaga desde 2007, acabou cedendo espaço em julho passado para o ex-deputado federal Waldir Neves, que assumiu na vaga deixada pela aposentadoria antecipada do conselheiro Augusto Wanderley, que só completaria 70 anos em janeiro de 2010. Quando atinge essa idade, a aposentadoria é compulsória para membros do TCE.

A próxima aposentadoria compulsória é do conselheiro Osmar Dutra, mas isso só deve acontecer em novembro. Entretanto, como já tem mais de 35 anos de contribuição, ele poderia se aposentar recebendo salário integral. Celina estava convencida que Dutra fosse pedir aposentadoria em fevereiro deste ano, para que ela assumisse a vaga neste mês.

Mas, pelo que se ouviu de André nesta manhã, a ida de Celina para o TCE não deve ocorrer antes de novembro.

Confirmada a aposentadoria, a Assembleia inicia processo de escolha do novo conselheiro, já que cabe ao Legislativo preencher essa vaga. Dos sete conselheiros do Tribunal de Contas, a Assembleia Legislativa indica quatro, o próprio tribunal outros dois (auditor e procurador) e o governador, apenas um. Quem está na vaga do governo é o ex-secretário de Receita e Controle José Ricardo Pereira Cabral, nomeado pelo ex-governador Zeca do PT.

Homenagem

A deputada Celina Jallad, aliás, foi a principal homenageada na sessão solene em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, realizada hoje, dia 9, na Assembleia.

A deputada anunciou que está se afastando da política: “desejo que esta lacuna seja preenchida por outras mulheres. Levo o sentimento do dever cumprido e gratidão por tudo o que aprendi e exerci”.

Celina Jallad também anunciou publicamente que iniciará o tratamento para combater um carcinoma no seio esquerdo. (Com informações da Assembleia Legislativa)

Últimas notícias