Geral

Garoto dirigindo carreta mata outra criança em Goiás

Um menino de dez anos que dirigia uma carreta atropelou e matou neste domingo (28) uma criança de nove anos na cidade de Santa Rita do Araguaia (516 km de Goiânia). Segundo a PM, o padrasto do garoto, um caminhoneiro de 42 anos, entregou a direção de um Volvo que possuía dois reboques para ensiná-lo […]

Arquivo Publicado em 30/03/2010, às 00h16

None

Um menino de dez anos que dirigia uma carreta atropelou e matou neste domingo (28) uma criança de nove anos na cidade de Santa Rita do Araguaia (516 km de Goiânia). Segundo a PM, o padrasto do garoto, um caminhoneiro de 42 anos, entregou a direção de um Volvo que possuía dois reboques para ensiná-lo a dirigir.

O acidente ocorreu quando a criança que dirigia a carreta não conseguiu contornar uma curva numa região urbanizada do município e atingiu o menino Lucas Nascimento, que estava sentado num hidrante. O caminhão pertence à empresa de transportes Caibiense, segundo a Polícia Militar –não havia carga na carreta.

De acordo com a polícia, o padrasto e o garoto que dirigia o caminhão fugiram do local logo após o acidente. O menino foi localizado mais tarde na casa de familiares. O homem continuava foragido até o fim da tarde desta segunda. Segundo a polícia, ele avisou, por meio de um advogado, que vai se apresentar. Testemunhas disseram à Polícia Militar que o homem aparentava estar bêbado.

O garoto disse a policiais que pediu ao padrasto para guiar a carreta. Os dois moram na própria cidade. Hoje, junto com o pai, o menino foi ouvido pela Polícia Civil, que investiga as circunstâncias da morte.

O delegado Anderson Araújo diz que o padrasto deve responder por homicídio doloso (no qual tem a intenção ou assume o risco de matar). De acordo com o policial, o Estatuto da Criança e do Adolescente não estabelece medidas socioeducativas para a criança numa situação como essa e não haverá procedimento contra ele.

Revoltados com a morte, moradores da cidade, de 6.000 habitantes, apedrejaram o veículo, que foi levado para um quartel da PM. O garoto Lucas Nascimento foi enterrado hoje.

Jornal Midiamax