Geral

Fogo queima área de 30 mil hectares em município no norte de Mato Grosso

A longa estiagem provoca sérias consequências em Mato Grosso. Um dos municípios mais prejudicados é Peixoto Azevedo, no norte do estado.  O cenário na cidade é desalentador em 11 assentamentos, onde vivem cerca de 2.600 famílias. Em 9 deles, o fogo causou danos graves. Na chácara de Elias Honório, seis animais morreram no incêndio e […]

Arquivo Publicado em 11/09/2010, às 17h49

None

A longa estiagem provoca sérias consequências em Mato Grosso. Um dos municípios mais prejudicados é Peixoto Azevedo, no norte do estado.  O cenário na cidade é desalentador em 11 assentamentos, onde vivem cerca de 2.600 famílias. Em 9 deles, o fogo causou danos graves. Na chácara de Elias Honório, seis animais morreram no incêndio e a plantação de abacaxi acabou. Já o gaúcho Vitório Martini teve de defender a casa onde estavam seus netos.


 Até agora, 30 mil hectares foram queimados. Segundo o secretário de meio ambiente de Peixoto Azevedo, Flávio Borges, o clima seco seria uma das causas. “Esse ano nós tivemos chuva, mas ela parou mais cedo. A umidade do ar está baixa e o vento aqui é muito forte”, diz ele.

Jornal Midiamax