Geral

Fluminense quer novo goleiro para sequência do Brasileiro

O técnico Muricy Ramalho e os dirigentes do Fluminense adotaram o discurso nas últimas semanas que o elenco para o Campeonato Brasileiro já estava fechado. Porém, o clube voltou a olhar para o mercado e tentará anunciar ainda a contratação de um goleiro antes de 30 de setembro, quando se encerra o prazo para a […]

Arquivo Publicado em 20/09/2010, às 17h39

None

O técnico Muricy Ramalho e os dirigentes do Fluminense adotaram o discurso nas últimas semanas que o elenco para o Campeonato Brasileiro já estava fechado. Porém, o clube voltou a olhar para o mercado e tentará anunciar ainda a contratação de um goleiro antes de 30 de setembro, quando se encerra o prazo para a chegada de reforços.


Isso porque Fernando Henrique fraturou o dedo médio da mão esquerda no treino de sábado (18) e não deverá mais retornar aos gramados em 2010. O jogador já ficou de fora no empate por 3 a 3 com o Flamengo, na noite de domingo (19).


Muricy Ramalho conversou com os dirigentes sobre a importância de mais um profissional ser contratado para a vaga de FH. No entanto, ao ser questionado sobre o assunto, deu a entender que só vai aprovar a contratação de alguém que chegue com status de titular.


– Se tiver alguém melhor no mercado, nós podemos olhar. Mas não adianta contratar um goleiro do mesmo nível dos que já fazem parte do elenco. Por enquanto vamos com o Rafael e o Ricardo Berna mesmo.


Rafael foi o escolhido por Muricy Ramalho para ser titular no clássico e deverá seguir no time no confronto desta quinta-feira (23), às 21h, contra o Atlético-MG, no Engenhão. O jogador, porém, não conta com a confiança da torcida, assim como Ricardo Berna, que quase deixou o clube no meio do ano, com a janela de transferências para o exterior. Kléver, revelado nas categorias de base, é mais uma opção, mas é visto como muito novo por Muricy.


Neste cenário, alguns nomes já começaram a ser oferecidos ao Fluminense. O clube estuda alguns que ainda não fizeram sete jogos pelos suas respectivas equipes. Quem ganhou força foi Lauro, que está sem muitas oportunidades no Internacional, não sendo usado nem quando o titular Renan se machuca, como aconteceu contra o Vasco, quando o argentino Pato Abbondanzieri estava no banco.


Outro nome que interessa é o de Aranha, que ganhou poucas oportunidades no Atlético-MG, onde fez apenas quatro jogos. Tiago, reserva no Vasco, é um nome que interessa Muricy, mas dificilmente o Cruzmaltino vai aceitar liberar seu jogador, mesmo com Fernando Prass sendo dono da posição. A expectativa da diretoria é tentar definir o assunto até o fim desta semana. O desempenho de Rafael contra o Galo pode ser decisivo.

Jornal Midiamax