Geral

Feriadão terá operações especiais de PRF e PRE nas estradas

Feriado prolongado é sempre um convite para motoristas pegarem o carro e ‘pé na estrada’. E devido ao grande fluxo de veículos a Polícia Rodoviária Estadual iniciou ontem a “Operação 7 de Setembro” e a Polícia Rodoviária Federal inicia a mesma operação as 18h de hoje. Desde a meia noite de ontem, policiais da PRE […]

Arquivo Publicado em 03/09/2010, às 15h09

None

Feriado prolongado é sempre um convite para motoristas pegarem o carro e ‘pé na estrada’. E devido ao grande fluxo de veículos a Polícia Rodoviária Estadual iniciou ontem a “Operação 7 de Setembro” e a Polícia Rodoviária Federal inicia a mesma operação as 18h de hoje.

Desde a meia noite de ontem, policiais da PRE realizam nas rodovias estaduais a “Operação Independencia”. De acordo com a assessoria, serão intensificadas a fiscalização nas rodovias estaduais para prevenção de acidentes e também combate ao contrabando e tráfico de drogas. A operação será encerrada às 8h da quarta-feira (8/9).

Na operação será utilizado todo o efetivo da polícia, num total de 130 policiais militares rodoviários. As bases operacionais serão reforçadas com a atuação dos servidores.

PRF

Já a PRF inicia a operação hoje (3/9) às 18h com o objetivo de reforçar o policiamento ostensivo nas rodovias federais e orientar motoristas para reduzir o número de acidentes.

No mesmo período do ‘feriadão’ do ano passado, a PRF registrou 51 acidentes, com 53 feridos e 01 morte. O encerramento será às 24h00 do dia 07/09. Aqui no Estado, o efetivo continuará normal em cada delegacia. Os policiais vão atuar em escala revezada.
Em MS são 3.100 quilômetros de rodovias federais e as viaturas serão posicionadas nos locais considerados como pontos críticos, onde ocorre maior número de acidentes. T

Equipamentos

Tanto a PRF quanto a PRE vão utilizar radares portáteis e fotográficos para coibir e medir o excesso de velocidade e bafômetros. Os policiais também vão inspecionar as condições dos veículos (pneus e demais equipamentos) e se a documentação de veículos e condutores está em dia.

Jornal Midiamax