Geral

Feira Central recebe hoje dança e apresentação musical

A Feira Central recebe neste domingo (19) mais uma edição do projeto Domingo Cultural na Feira Central. Foram convidados para participar desta edição os bailarinos do Grupo de Dança da Casa de Cultura D. Zica, da cidade de Piraputanga com a participação do professor, bailarino e coreógrafo Roberto de Oliveira e do grupo MASIS BRASIL. As […]

Arquivo Publicado em 19/09/2010, às 12h25

None

A Feira Central recebe neste domingo (19) mais uma edição do projeto Domingo Cultural na Feira Central. Foram convidados para participar desta edição os bailarinos do Grupo de Dança da Casa de Cultura D. Zica, da cidade de Piraputanga com a participação do professor, bailarino e coreógrafo Roberto de Oliveira e do grupo MASIS BRASIL. As apresentações são gratuitas e têm início às 19 horas.


O Projeto é uma parceria entre a Fundação Municipal de Cultura (Fundac) e a Associação da Feira Central e Turística de Campo Grande (Afecetur) que tem como objetivo levar apresentações gratuitas de música, poesia, teatro e dança a Feira Central aumentando assim o acesso da população.


O Grupo MASIS BRASIL (que em “quechua” significa “companheiros”) nasceu em novembro de 2003 por iniciativa de Miska e Edgar Mancilla. A esta formação se agregaram Heitor Corrêa Lopes e Luizão. O grupo tem como proposta reviver um trabalho que os três primeiros já haviam vivenciado na extinta peña EME-ENE nos anos 90. A idéia do grupo é permear os limites impostos pelas fronteiras políticas e mostrar ao público que os ritmos, assim como os sotaques, manifestam sentimentos comuns.


Zamponhas cromáticas, quenas, metais, charango, bombo leguero e outros instrumentos da América hispânica são introduzidos a temas de compositores locais, como pode ser apreciado em “Piraretã” (Tetê e Celito Espíndola) ou em “Penha” (Paulo Simões e Guilherme Rondon) deixando bem à mostra que na música não existem bandeiras, ou como diz o autor “no tiene rival”. Já nos ritmos caribenhos, o grupo se propõe a executar músicas brasileiras em castelhano e vice versa, acentuando o choro como se fosse salsa, introduzindo elementos que provém da fortíssima influência negra que o nosso continente acolheu. Esta fusão de elementos musicais nativos deu origem à música “criolla”.


Atualmente formado por Edgar Mancilla, Miska e Evaldenir Amaral (Júnior), o Grupo MASIS BRASIL também está sintonizado com o momento de integração continental, e de maior atenção com o cuidado ao meio ambiente, o que na parte andina representa o respeito à “Pacha Mama” (Mãe Terra).


“O projeto Domingo Cultural na Feira Central sempre proporciona sentimentos belíssimos e reúne, além de uma grande quantidade de artistas, pessoas de todas as idades. A Feira Central, com toda sua tradição e localização privilegiada é um ótimo local para desenvolvê-lo”, elogia Roberto Figueiredo, diretor presidente da Fundac.


Serviço – A Feira Central de Campo Grande fica na Avenida 14 de Julho 3551. As apresentações são gratuitas e têm início às 19 horas.

Jornal Midiamax