Geral

Favela do Alemão ganha árvore de Natal de 20 metros

O Natal deste ano será diferente para os moradores do Conjunto de Favelas do Alemão, na Penha, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Uma árvore de Natal de 20 metros de altura e revestida com cerca de 20 mil lâmpadas LED foi inaugurada na noite deste domingo (19), no alto do Morro do Adeus, […]

Arquivo Publicado em 20/12/2010, às 12h10

None

O Natal deste ano será diferente para os moradores do Conjunto de Favelas do Alemão, na Penha, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Uma árvore de Natal de 20 metros de altura e revestida com cerca de 20 mil lâmpadas LED foi inaugurada na noite deste domingo (19), no alto do Morro do Adeus, perto da estação do teleférico.

Segundo estimativas da Polícia Militar, cerca de 5 mil pessoas participaram do evento. Os moradores prepararam uma festa para a inauguração da árvore, que já está sendo chamada de “árvore da esperança”. A comunidade, que era controlada pelo tráfico de drogas, é ocupada pelas forças de segurança desde o fim de novembro.

“Quem quiser paz dá um grito aí! Que se acenda a paz e se apague a violência”, comemorou o coordenador de políticas governamentais do AfroReggae, Reginaldo de Lima, durante um breve discurso.

As telas criam diversos efeitos digitais. O material foi escolhido pelo critério de sustentabilidade – o LED economiza energia. Além da árvore, o Conjunto de Favelas do Alemão também recebeu decorações natalinas, oficinas com materiais reciclados e uma campanha de arrecadação de brinquedos, que serão doados para as crianças da comunidade.

A vendedora Elisa Santos, que mora no Alemão há 30 anos, mal conseguia esconder a emoção de poder chegar a uma parte da comunidade nunca antes visitada por ela.

“Ontem, pude acompanhar pela janela da minha casa os testes com a iluminação da árvore. E já tinha achado lindo. Posso dizer que hoje é o dia mais feliz em todo esse tempo que moro aqui. O que está acontecendo aqui no Alemão atualmente é maravilhoso. Esse é o exemplo que tem que ficar para que as crianças vejam como as coisas podem mudar para melhor. E que não pare por aqui”, declarou a vendedora.

Mais cedo, por volta das 19h, cerca de mil brinquedos foram distrubuídos para as crianças da comunidade. Entre os presentes, bolas de futebol e bonecas fizeram a alegria dos baixinhos que, junto dos pais, tiveram que se organizar numa imensa fila para receber os embrulhos vermelhos — na próxima quarta (22) uma outra entrega de brinquedos arrecadados também está marcada, desta vez com a presença do Papai Noel.

O evento contou ainda com uma rápida apresentação do Afro Lata, que usa objetos como cabos de vassouras, tonéis, baldes de plástico e latões de óleo como instrumentos musicais.

Jornal Midiamax