Geral

Farc vão entregar restos mortais de major que estava em cativeiro

Com o apoio do Brasil, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia(Farc) devem liberar amanhã (1º) os restos mortais do major da Polícia Militar Julián Guevara. Os dois helicópteros do Exército brasileiro seguem ainda hoje (31) para Villa Vicenzo, no Sul da Colômbia, à espera do sinal vermelho dos guerrilheiros para resgatar os restos mortais do […]

Arquivo Publicado em 31/03/2010, às 17h42

None

Com o apoio do Brasil, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia(Farc) devem liberar amanhã (1º) os restos mortais do major da Polícia Militar Julián Guevara. Os dois helicópteros do Exército brasileiro seguem ainda hoje (31) para Villa Vicenzo, no Sul da Colômbia, à espera do sinal vermelho dos guerrilheiros para resgatar os restos mortais do militar morto em cativeiro e em poder das Farc.


Na semana passada, as Farc informaram que não liberariam os restos mortais do militar porque não dispunham de garantias do governo do presidente da Colômbia, Álvaro Uribe. Os guerrilheiros exigiam a suspensão de todas as ações na suposta área onde estaria enterrado o corpo do major. Ontem (30) houve a sinalização de que os restos mortais seriam entregues.


A expectativa, segundo a Cruz Vermelha Internacional, é que os restos mortais de Guevara sejam entregues à família do major na presença de autoridades policiais, como determinam leis colombianas.

Jornal Midiamax