Geral

Famasul divulga vencedores do Prêmio de Jornalismo dia 23

Os vencedores do Prêmio Famasul de Jornalismo serão revelados no dia 23 de julho, em evento realizado no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo. A premiação acontecerá às 19h, na festa que também vai reconhecer também os ganhadores do Programa Empreendedor Rural (PER), uma realização do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS). Serão premiados […]

Arquivo Publicado em 15/07/2010, às 18h38

None

Os vencedores do Prêmio Famasul de Jornalismo serão revelados no dia 23 de julho, em evento realizado no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo. A premiação acontecerá às 19h, na festa que também vai reconhecer também os ganhadores do Programa Empreendedor Rural (PER), uma realização do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS).


Serão premiados profissionais cujo trabalho retrata a produção rural a partir dos temas ‘O meio ambiente relacionado à produção rural’ e ‘O direito dos povos indígenas no século XXI’. Os jurados avaliaram trabalhos inscritos nas categorias impresso jornal e revista, radiojornalismo, telejornalismo, webjornalismo e fotojornalismo, sendo a última a novidade deste ano.


Os autores selecionados em cada categoria receberão um prêmio equivalente a R$ 2 mil, sendo que o vencedor do prêmio Master ganhará ainda uma viagem de cinco dias pelo Nordeste, com acompanhante. Os trabalhos foram julgados por jornalistas e professores indicados pelos coordenadores dos cursos de jornalismo da Universidade Federal de MS (UFMS), Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), Uniderp/Anhanguera, Universidade Estácio de Sá e pelo presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de MS (Sindijor/MS).


Com o Prêmio Famasul de Jornalismo, a Federação da Agricultura e Pecuária de MS quer incentivar a publicação de matérias relacionadas ao agronegócio e que valorizem o Estado de Mato Grosso do Sul. “O agronegócio é um dos mais importantes vetores da economia do Estado. Merece ser difundido de modo criativo e com profundidade”, enfatiza o presidente da entidade, Eduardo Riedel.


Em 2009, o jornalista Ariosto Mesquita venceu o prêmio na categoria impresso com a reportagem “Ambulância e Jeep do Pantanal”, que trata do uso de aeronaves nas regiões de fazendas pantaneiras. “Nós, jornalistas, temos a responsabilidade de participar, inscrever nossos trabalhos sem receio de competir”, afirma Mesquita, que também é concorrente na edição do prêmio deste ano.


A senadora Kátia Abreu, que esteve presente na entrega do prêmio no ano passado, ressaltou durante o evento a importância da mídia como divulgadora da categoria rural que mostra a realidade do campo para a sociedade. “A agropecuária passou por profundas mudanças nas últimas décadas e é preciso acompanhar e conhecer essa realidade”, destacou.


Evento


A revelação do Prêmio Famasul de Jornalismo ocorrerá juntamente com a entrega do prêmio do Programa Empreendedor Rural (PER). No evento, haverá a apresentação do maestro João Carlos Martins e sua orquestra. O maestro tocava piano e tem um histórico de vida de superação, uma vez que se tornou maestro porque perdeu o movimento das mãos. Já reconhecido no meio musical, Martins tornou-se conhecido nacionalmente ao ter sua história retratada no capítulo final da novela ‘Viver a Vida”, da Rede Globo.

Jornal Midiamax