Geral

Entidades pedem impeachment de Artuzi pela internet

Organização pede saída do prefeito e vice de Dourados, presos por corrupção; ideia é que vereadores detidos também renunciam aos cargos

Arquivo Publicado em 07/09/2010, às 16h00

None

Organização pede saída do prefeito e vice de Dourados, presos por corrupção; ideia é que vereadores detidos também renunciam aos cargos

Após a Polícia Federal deflagrar a Operação Uragano, que prendeu 28 pessoas envolvidas no esquema de fraude nas licitações da Prefeitura Municipal de Dourados, um grupo de moradores organizou a AADO (Associação dos Amigos de Dourados) e já reúne assinaturas pedindo o impeachment do prefeito Ari Artuzi, que está preso acusado de chefiar a quadrilha.


Um dos organizadores, o farmacêutico Racib Panage Harb diz que o objetivo não é substituir o poder público, mas acompanhar de perto a gestão do dinheiro público e combater a corrupção.


A AADO foi criada seguindo o modelo da AMARRIBO (Amigos Associados de Ribeirão Bonito), que foi criada por empresários de Ribeirão Bonito quando a cidade no interior paulista passou por situação parecida com a de Dourados.


A primeira ação da associação foi colocar no ar o site www.aado.com.br que oferece à população acesso a um abaixo-assinado eletrônico pedindo o impeachment do prefeito Ari Artuzi (PDT) e do vice-prefeito Carlinhos Cantor (PR) além da renuncia de todos os vereadores envolvidos na Operação Uragano.


Segundo Racib Harb, as assinaturas coletadas vão fundamentar um documento que a entidade entregará até o final desta semana à Câmara de Vereadores, ao Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil e para a imprensa.

Jornal Midiamax