Geral

Enfermeiros da Santa Casa entram em greve

Sindicato oficializa a paralisação dos enfermeiros e assistentes no maior hospital da Região Centro-Oeste; funcionários pedem reajustes salariais

Arquivo Publicado em 12/07/2010, às 13h03

None

Sindicato oficializa a paralisação dos enfermeiros e assistentes no maior hospital da Região Centro-Oeste; funcionários pedem reajustes salariais

Agora é oficial: o Siems (Sindicato dos Trabalhadores em Enfermagem), que ensaiava uma paralisação dos enfermeiros da Santa Casa de Campo Grande desde o início do ano passado, decidiu pela greve nesta manhã, informou o comando da entidade.
Os trabalhadores exigem, entre outras coisas, um reajuste salarial de 15%, reivindicação na mesa da direção do hospital desde fevereiro do ano passado.

O hospital emprega perto de mil funcionários que atuam na enfermagem ou em seções que auxiliam esse setor. O salário desses servidores varia de R$ 540 a R$ 800, segundo o sindicato.

Durante o manifesto grevista, 30% da categoria devem atuam em regime de plantão, conforme determinação a legislação trabalhista.

O comando do hospital ainda não se manifestou.

Jornal Midiamax