Geral

Encontro na quarta vai tratar de negócios entre MS e Paraguai

Com o objetivo de aumentar o comércio bilateral entre Mato Grosso do Sul e Paraguai, a Fiems vai promover, na quarta-feira (27), em Campo Grande, um encontro de negócios entre empresários sul-mato-grossenses e paraguaios nos segmentos de alimentos processados, carnes de aves e bovinas, cerâmico, construção civil, sucroenergético e vestuário. Além disso, com as participações […]

Arquivo Publicado em 26/10/2010, às 10h52

None

Com o objetivo de aumentar o comércio bilateral entre Mato Grosso do Sul e Paraguai, a Fiems vai promover, na quarta-feira (27), em Campo Grande, um encontro de negócios entre empresários sul-mato-grossenses e paraguaios nos segmentos de alimentos processados, carnes de aves e bovinas, cerâmico, construção civil, sucroenergético e vestuário.

Além disso, com as participações do embaixador do Brasil no Paraguai, Eduardo dos Santos, do ministro de Indústria e Comércio do Paraguai, Francisco Rivas Almada, do presidente do Centro de Importadores do Paraguai, Max Haber, do presidente da Câmara Paraguaia de Supermercados, Elzaer Salemma, e do presidente da União Industrial Paraguaia, Gustavo Volpe, também será assinado entre o Governo do Estado, a Rede de Investimentos e Exportações do Paraguai e a Fiems um termo de cooperação.

Atualmente, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems, o Paraguai é apenas o 20º destino dos produtos exportados por Mato Grosso do Sul, totalizando US$ 20,3 milhões de receita com a venda de minerais, alimentos e bebidas e siderurgia. Já com relação às importações, o Paraguai é o 12º fornecedor de mercadorias externas para o Estado, somando US$ 28,8 milhões de receita com a compra de trigo, produtos do complexo soja e produtos alimentícios. Segundo o presidente da Fiems, Sérgio Longen, o seminário e o encontro de negócios são o caminho inverso da missão empresarial do Estado ao Paraguai, que levou empresários sul-mato-grossenses ao 12º Congresso de Supermercados Paraguaios, realizado na semana passada em Assunção, capital do Paraguai.

“Convidamos as empresas de Mato Grosso do Sul a participarem desse evento que faremos nesta quarta-feira para prover um ambiente propício para a realização de negócios entre empresas do Estado e do Paraguai”, disse Sérgio Longen, completando que o termo de cooperação será assinado, por volta das 10h30, na Governadoria, com o governador André Puccinelli e o diretor nacional da Rediex/MIC, Oscar Stark, tendo ainda as presenças do presidente da Federação da Produção da Indústria e do Comércio do Paraguai, Germán Ruiz, do presidente da Associação Rural do Paraguai, Juan Nestor Nuñez, e do presidente da Associação de Avicultores do Paraguai, Pablo Mauger.

Já no período da tarde, a partir das 14 horas, no auditório térreo do Edifício Casa da Indústria terá início o Seminário Panorama de Mato Grosso do Sul e o Encontro de Negócios do Estado com o Paraguai. Além de rodada de negócios, que será realizada em ambiente montado no saguão térreo do Edifício Casa da Indústria, também será feita uma amostra de produtos paraguaios nos segmentos alimentos processados, carnes de aves e bovinas, cerâmico, construção civil, sucroenergético e vestuário.

No Seminário Panorama de Mato Grosso do Sul serão feitas apresentações sobre as oportunidades de negócios no Estado, o Projeto MS Sem Fronteiras, os investimentos no setor sucroenergético, o maciço florestal sul-mato- grossense e as oportunidades de negócios com o Paraguai. A missão de empresários paraguaios também conta com o vice-presidente da Capasul, Carlos Storm, chefe do setor de promoção comercial e turismo da Embaixada do Brasil no Paraguai, Cristiano Berbert, diretor de investimentos e ambiente de negócios da Rediex/MIC), Eduardo Clari, vice-presidente da UIP, Eduardo Felippo, membro da Capasul, Horacio Rey, vice-presidente do Foro Brasil, Marcelo Troche, representante da Presidência da República do Paraguai, Marcial Congo, assessor da Presidência da Associação Rural do Paraguai, Marcos Medina, e diretora-geral do gabinete do ministro da Indústria e Comércio do Paraguai, Mirtha Frutos.

Jornal Midiamax