Geral

Empresa é multada por captação irregular de água

Após denúncias, policiais militares ambientais de Três Lagoas multaram, nessa terça-feira (21), a empresa Fibira-MS Celulose, em R$ 20 mil, por retirar água de uma nascente sem a autorização da dona da propriedade rural e sem licença ambiental. De acordo com a denunciante, o fato acontece desde o dia 31 de agosto. Segundo ela, a […]

Arquivo Publicado em 22/09/2010, às 13h53

None

Após denúncias, policiais militares ambientais de Três Lagoas multaram, nessa terça-feira (21), a empresa Fibira-MS Celulose, em R$ 20 mil, por retirar água de uma nascente sem a autorização da dona da propriedade rural e sem licença ambiental.


De acordo com a denunciante, o fato acontece desde o dia 31 de agosto. Segundo ela, a empresa usava caminhões pipa e bombas de sucção para fazer a captação. Conforme a polícia, essa retirada envolvia riscos de contaminação da nascente, bem como degradação da área de preservação permanente, pelo pisoteamento dos veículos.


As atividades foram paralisadas até regularização junto ao órgão ambiental.

Jornal Midiamax