Geral

Embriagados, índios causam confusão em ônibus e ferem dois

Nessa terça-feira (14), por volta de 18h, foi abordado no posto da PRF da BR-163, em Dourados, um ônibus fretado com 42 índios que trabalham em uma usina na região de Bataguassu. Esse ônibus saiu de Bataguassu com destino a Paranhos, mas em Batayporã houve um problema mecânico e o motorista, José Carlos Andrade, 53, […]

Arquivo Publicado em 15/12/2010, às 12h36

None

Nessa terça-feira (14), por volta de 18h, foi abordado no posto da PRF da BR-163, em Dourados, um ônibus fretado com 42 índios que trabalham em uma usina na região de Bataguassu.

Esse ônibus saiu de Bataguassu com destino a Paranhos, mas em Batayporã houve um problema mecânico e o motorista, José Carlos Andrade, 53, foi obrigado a parar o veículo para consertá-lo.

Nesse mesmo ponto os índios desceram e foram para um bar beber cachaça. Quando retomaram a viagem já estavam todos embriagados e entre Fátima do Sul e Dourados houve uma confusão generalizada por causa da bebida e dois índios foram feridos a golpes de facão.

Chegando ao posto da PRF o motorista, com medo porque todos os índios estavam armados com facões, parou o veículo e relatou o ocorrido aos PRF que, por sua vez, chamaram o reforço da PM e os bombeiros. As duas vítimas das agressões foram levadas para o Hospital da Vida.

Todos acabaram sendo detidos e levados para a delegacia, mas apenas dois acabaram sendo indiciados, ouvidos e liberados: Augusto Garcia Vera, 20, e Salomon Sanauaria, 22.

Eles são acusados de terem agredidos Jair Rossati (levou uma facada no braço esquerdo) e Ricardo Vera (levou um golpe de facão na testa e no braço direito).

Jornal Midiamax