Geral

Em Nioaque, Zeca fala sobre a liberdade de imprensa

O candidato a governador de Mato Grosso do Sul Zeca do PT, em entrevista à Rádio FM Serrana, de Nioaque, destacou a importância da democracia em todas as situações da vida em sociedade, sobretudo nas relações institucionais. “As pessoas prezam pela democracia, nós lutamos muito contra a ditadura. Exigimos respeito, tratamento digno, direitos preservados. Ninguém […]

Arquivo Publicado em 12/07/2010, às 21h35

None

O candidato a governador de Mato Grosso do Sul Zeca do PT, em entrevista à Rádio FM Serrana, de Nioaque, destacou a importância da democracia em todas as situações da vida em sociedade, sobretudo nas relações institucionais. “As pessoas prezam pela democracia, nós lutamos muito contra a ditadura. Exigimos respeito, tratamento digno, direitos preservados. Ninguém aceita a arrogância, o autoritarismo, a soberba, isso não condiz com o sistema democrático”, afirmou. A democracia é uma das cinco metas do candidato.

Zeca também elogiou os veículos de comunicação que têm dado tratamento igual às candidaturas, cumprindo o que determina a lei eleitoral. “O espaço que esta rádio, assim como outros órgãos de comunicação têm disponibilizado, é importante para levar informação ao eleitor. Só assim o cidadão pode decidir com maturidade seu voto.”

Além de democracia, as outras quatro metas de Zeca do PT são: menos imposto, mais infraestrutura, serviços públicos de qualidade e programas sociais para atender a toda a população necessitada. As cinco metas são representadas pela mão aberta, gesto que se consagrou na luta de resistência do povo francês contra a invasão nazista durante a Segunda Guerra Mundial, sob o slogan “No pasarán”.

Indagado sobre suas propostas, Zeca disse que é um dos poucos candidatos do Brasil que não precisa prometer nada: tem trabalho feito. “Pergunte a um assentado, a uma família indígena, que impacto teve na vida deles os programas sociais, e vão te falar quem é Zeca do PT. Pergunte a um jovem que importância teve para ele o Bolsa Universitária, e vai ter a dimensão do que foi o governo do PT, pergunte a um comerciante o que representa trabalhar com tranqüilidade, sem terror fiscal; a um professor ou professora, a um servidor da Segurança Pública, como foi tratado no governo do PT, e vai ter certeza do que foi nosso governo”.

Zeca visita Nioaque nesta segunda-feira, acompanhado do candidato a senador Dagoberto Nogueira (PDT), da candidata a vice-governadora Tatiana Azambuja (PV) e da candidata a suplente de senador Gilda do PT. A comitiva chegou por volta das 17h a Nioaque, concedeu entrevistas à imprensa e à noite, participa da inauguração do comitê do candidato a deputado estadual Joãozinho do PT, que é vice-prefeito da cidade.

Jornal Midiamax