Geral

Em Corumbá, Moka recebe apoio maciço dos peemedebistas

O deputado federal Moka percorreu três municípios da região do Pantanal entre quinta e sexta-feira, onde foi recebido com muita festa e empolgação pelos peemedebistas. O deputado disputa as prévias do partido para o Senado, marcadas para 7 de março. Depois de passar por Miranda e Ladário, Moka esteve em Corumbá quinta-feira à noite (28), […]

Arquivo Publicado em 29/01/2010, às 13h37

None

O deputado federal Moka percorreu três municípios da região do Pantanal
entre quinta e sexta-feira, onde foi recebido com muita festa e empolgação
pelos peemedebistas. O deputado disputa as prévias do partido para o Senado,
marcadas para 7 de março.

Depois de passar por Miranda e Ladário, Moka esteve em Corumbá quinta-feira
à noite (28), onde se reuniu com lideranças e filiados do PMDB. Na três
cidades, o deputado foi chamado de “o senador do Pantanal”.

Em Corumbá, por exemplo, a militância disse que a cidade já tem um senador,
numa referência a Delcídio do Amaral (PT). E que Moka seria o segundo
representante da região no Senado. “Ele será o nosso segundo senador”, disse
o ex-vereador Heitor Rocha.

Para o vereador Oséas Ohara, a atuação de Moka em Brasília é a mais voltada
aos municípios. “Nunca vi um político trabalhar tanto em parceria com os
municípios como o Moka. Tem um trabalho incansável, além de ser companheiro
de todas as horas”, destacou.

Ohara afirmou que os filiados do PMDB devem eleger o candidato que estiver
em melhores condições de ganhar uma das duas vagas ao Senado. “Temos de
escolher o candidato que reúne em torno de si grande número de apoiadores. O
Moka conta com apoio de 60 prefeitos, de cerca de 15 deputados estaduais,
deputados federais e centenas de vereadores. Não podemos perder essa
chance”, reforçou o vereador.

Manifestaram ainda apoio a Moka o presidente municipal da legenda, Otávio
Philbois, os vereadores corumbaenses Dirceu Miguéis e Marcelo Iunes, o
ex-deputado estadual Sandro Fabi, o ex-prefeito Ricardo Cândia e
ex-vereadores, como Heitor Rocha e Roberto Façanha. Também anunciaram apoio
ao deputado nas prévias os braços locais do PMDB Mulher e a Juventude do
PMDB.

“O mais importante de tudo isso é que o apoio recebido vem das principais
lideranças do meu partido e da militância. Eu nunca releguei nenhum setor do
meu partido. Quero o apoio do mais humildade ao mais graduado filiado do
PMDB”, destacou Moka em seu discurso para cerca de 200 peemedebistas, que se
reuniram em um buffet da cidade.

Em Ladário, o encontro de Moka com a militância foi na Câmara Municipal e do
qual participaram os vereadores Meninha e Munir, ex-vereadores e pelo menos
40 filiados. Em Miranda, almoçou com a militância, liderada pelo ex-prefeito
Ivan Bossay e pelos vereadores Ivanzinho e Elias Carneiro. Em todos os
encontros, o deputado recebeu apoio das lideranças da juventude e das
mulheres.

70 municípíos visitados


Ao visitar quinta-feira as três cidades da região do Pantanal – Corumbá,
Miranda e Ladário – Moka passou por 70 municípios do Estado. “Faltam apenas
oito cidades e acredito que estarei em todas elas até a próxima semana”,
afirmou.

Moka diz que essas viagens para conversar com os filiados do PMDB apenas
repete o que tem feito há várias décadas. “Sou conhecido como o deputado dos
municípios porque não deixo de visitá-los, independentemente se estivermos
ou não em período eleitoral”, disse.

O deputado se diz confiante de que terá o apoio maciço da militância
peemedebista “por tudo o que temos feito nos últimos 30 anos de mandato”.
Aposta no trabalho desenvolvido em favor dos municípios e à sua trajetória
política dentro do PMDB para conquistar o voto de cada filiado. Acredita que
o fato de nunca ter perdido eleição pode ser decisivo na disputa.

Jornal Midiamax