Geral

Eletrobras anuncia saída de Erenice de conselho da empresa

A Eletrobras informou por meio de nota, na tarde desta terça-feira (21), que a ex-ministra-chefe da Casa Civil Erenice Guerra não pertence mais ao Conselho de Administração da empresa. A assessoria da estatal não informou o motivo da saída, mas disse que Erenice entregou nesta terça a carta na qual pediu desligamento da função, que […]

Arquivo Publicado em 21/09/2010, às 21h50

None

A Eletrobras informou por meio de nota, na tarde desta terça-feira (21), que a ex-ministra-chefe da Casa Civil Erenice Guerra não pertence mais ao Conselho de Administração da empresa.


A assessoria da estatal não informou o motivo da saída, mas disse que Erenice entregou nesta terça a carta na qual pediu desligamento da função, que ela assumiu em março.


Ainda não há definição de um substituto. De acordo com a assessoria da empresa, a escolha poderá ocorrer na próxima reunião do Conselho Administrativo, na semana que vem.


Sucessora e braço-direito de Dilma Rousseff (PT) na Casa Civil da Presidência da República, Erenice Guerra se demitiu do cargo de ministra na última quinta-feira (16), após denúncia de tráfico de influência envolvendo seu filho Israel Guerra e servidores do ministério.

Jornal Midiamax