Geral

ELEIÇÕES 2010: Mudança de tema, agora droga está na pauta

Serra afirma que Evo Morales, presidente da Bolívia, é conivente com a questão do tráfico de drogas, e que o Brasil não possui segurança fronteiriça suficiente. Dilma rebate que o governo petista recuperou a Polícia Federal, criou a Força Nacional, e investiu três vezes mais que o governo tucano. Dilma ataca e afirma que São […]

Arquivo Publicado em 18/10/2010, às 00h13

None

Serra afirma que Evo Morales, presidente da Bolívia, é conivente com a questão do tráfico de drogas, e que o Brasil não possui segurança fronteiriça suficiente. Dilma rebate que o governo petista recuperou a Polícia Federal, criou a Força Nacional, e investiu três vezes mais que o governo tucano.


Dilma ataca e afirma que São Paulo tem 300 mil dependentes químicos, colocando em questão as falas em que Serra defende SP como referência no combate às drogas.


Serra continua martelando de que Dilma não responde seus questionamentos, e afirma que o atual governo não combate o tráfico internacional de drogas. O tucano também defende a política paulista de combate ao vício.


Dilma fala em ampliação do tratamento aos dependentes químicos e afirma que pretende transformar o policiamento de fronteiras em permanente e mais efetivo.  Dilma ainda ataca Serra, que segundo ela é especializado em “programas piloto”. A petista rebate Serra e afirma que ele também não responde seus questionamentos, e volta às privatizações, colocando em pauta o Pré-Sal.

Jornal Midiamax