Geral

DPVAT: Atropelamento é a principal causa de morte de crianças

Estatísticas do Seguro do Trânsito – DPVAT divulgadas nesta quinta-feira (9) apontam que no primeiro semestre deste ano 1.045 crianças entre zero e dez anos receberam indenização por atropelamento. No caso de acidentes com crianças dentro de automóveis, foram registradas 450 indenizações pelo DPVAT. O Seguro do Trânsito, que todo proprietário de veículos é obrigado […]

Arquivo Publicado em 09/09/2010, às 18h13

None

Estatísticas do Seguro do Trânsito – DPVAT divulgadas nesta quinta-feira (9) apontam que no primeiro semestre deste ano 1.045 crianças entre zero e dez anos receberam indenização por atropelamento. No caso de acidentes com crianças dentro de automóveis, foram registradas 450 indenizações pelo DPVAT.


O Seguro do Trânsito, que todo proprietário de veículos é obrigado a pagar, oferece coberturas para três naturezas de danos: morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares (DAMS).


As principais causas dos acidentes apontadas pela Seguradora Líder, responsável pela administração do seguro, são alta velocidade, imprudência e embriaguês. Outro tipo de atropelamento frequente é o causado quando o motorista entra ou sai de uma vaga, seja em garagens ou em casa.


“Esses acidentes ocorrem, porque o motorista não enxerga a criança que está atrás ou em volta do veículo,” explica o diretor-presidente da Seguradora Líder, Ricardo Xavier.


Para evitar acidentes, a Seguradora Líder recomenda nunca deixar a criança sozinha dentro do carro, verificar se o dispositivo de segurança é utilizado de acordo com as normas de segurança, olhar em volta do carro antes de ligá-lo e deixar as crianças aguardando em lugar seguro e visível, alertar os menores de dez anos a nunca brincarem dentro ou perto de veículos, não permitir que brinquedos fiquem no caminho do estacionamento ou garagem e trancar o carro se estiver parado, para que as crianças não entrem sozinhas.

Jornal Midiamax