Geral

Dono de rancho onde soltaram rojões é multado em R$ 405 mil

Antônio Alberto Bortoletto, dono do rancho “Quatorze Amigos”, localizado as margens do rio Taquari, em Coxim, foi multado em R$ 405 mil pela PMA (Polícia Militar Ambiental). Isso, porque turistas hospedados no rancho soltaram rojões que resultou em queimada de grande proporção, na última terça-feira (21). Segundo o comandante da PMA, major César Freitas Duarte, […]

Arquivo Publicado em 24/09/2010, às 15h37

None

Antônio Alberto Bortoletto, dono do rancho “Quatorze Amigos”, localizado as margens do rio Taquari, em Coxim, foi multado em R$ 405 mil pela PMA (Polícia Militar Ambiental). Isso, porque turistas hospedados no rancho soltaram rojões que resultou em queimada de grande proporção, na última terça-feira (21).


Segundo o comandante da PMA, major César Freitas Duarte, o fogo consumiu 152 hectares, dos quais 25 são de Área de Preservação Permanente (APP), além de pastagem e reserva legal. Dos R$ 405 mil, R$ 200 mil são pela destruição de reserva legal, R$ 125 mil pela área de preservação permanente e R$ 80 mil pela pastagem.


Ao todo, pelo menos cinco propriedades rurais foram atingidas pelo incêndio. Todos os proprietários registraram o caso na Polícia Civil, afirmando que o incêndio começou depois que turistas que estavam no rancho “Quatorze Amigos” soltaram rojões.


A PMA protocolou relatório na manhã desta sexta-feira (24) no MPE (Ministério Público Estadual) e na Polícia Civil.

Jornal Midiamax