Geral

Dívida pode ser causa de homicídio em Três Lagoas

Paulo Sergio Azevedo, 34 anos, foi assassinado com três tiros na manhã de domingo (12), por volta das 7 horas. Seu corpo foi encontrado por policiais na estrada boiadeira, ao lado de uma propriedade rural. Informações preliminares da polícia indicam que o motivo do assassinato seria uma dívida da vítima com traficantes. No mesmo dia, […]

Arquivo Publicado em 14/12/2010, às 13h45

None

Paulo Sergio Azevedo, 34 anos, foi assassinado com três tiros na manhã de domingo (12), por volta das 7 horas. Seu corpo foi encontrado por policiais na estrada boiadeira, ao lado de uma propriedade rural. Informações preliminares da polícia indicam que o motivo do assassinato seria uma dívida da vítima com traficantes. No mesmo dia, um homem de 63 anos foi encontrado morto em sua residência por sua esposa na Vila Haro.

De acordo com o delegado regional, Vitor Lopes Fernandes, a Polícia Militar recebeu a denúncia de que havia um corpo próximo a uma propriedade rural. Uma equipe da Rotai (Rondas Ostensivas Táticas do Interior) foi até o local e se deparou com o corpo de Azevedo que apresentava ferimentos, possivelmente causados por arma de fogo, na cabeça, braço direito e tórax.

Posteriormente, moradores acionaram a polícia e disseram que havia uma motocicleta Yamaha Factor, placas HTS-4798, abandonada em um terreno baldio na Rua Orestes Prata Tibery. No local os policiais consultaram o sistema e constataram que a moto estava no nome de Azevedo.

A esposa da vítima em depoimento no Distrito Policial, disse que Azevedo não tinha inimigos, mas que era usuário de drogas e sua moto estaria empenhorada em uma boca de fumo, que ela não sou informar sua localização. A mulher ainda conta que seu marido saiu no sábado (11) por volta das 19 horas com uma bicicleta, tipo barra forte, de cor azul. Ela comentou que Azevedo surgira com a bicicleta há alguns dias, mas que o veículo não era de sua propriedade.

O corpo de Azevedo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal).

A ocorrência foi registrada na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

VILA HARO
Um homem de 63 anos foi encontrado morto por sua esposa na noite de domingo (12), por volta das 19 horas, na Vila Haro. Segundo informações preliminares da polícia, ele teria cometido suicídio. Entretanto, há a possibilidade dele ter sido assassinado por um adolescente de 17 anos.

De acordo com o delegado regional, Vitor Lopes Fernandes, a esposa da vítima relatou que ao chegar em sua residência encontrou seu marido deitado de costas no sofá da sala, trajando apenas uma bermuda. Ele estava com um ferimento no tórax, e ela encontrou um revólver calibre 38 ao lado do corpo.

“A Polícia recebeu uma denúncia anônima dizendo que um adolescente de 17 anos seria o autor do disparo que matou o homem, entretanto há indícios de que ele tenha cometido suicídio”, comenta o delegado. Lopes disse que a denúncia será investigada e que o laudo da perícia irá indicar se o homem cometeu suicídio ou foi assassinado.

Jornal Midiamax