Geral

Diretoria do Hospital Regional anuncia corte no número de leitos para “diminuir custos”

O Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, uma das principais unidades de atendimento da rede de saúde pública de Campo Grande, vai promover uma redução no número de leitos para cortar gastos. O anúncio foi feito em reunião nesta sexta-feira (22) com a presença de diversos funcionários.

Arquivo Publicado em 23/10/2010, às 00h51

None

O Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, uma das principais unidades de atendimento da rede de saúde pública de Campo Grande, vai promover uma redução no número de leitos para cortar gastos. O anúncio foi feito em reunião nesta sexta-feira (22) com a presença de diversos funcionários.

O Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, uma das principais unidades de atendimento da rede de saúde pública de Campo Grande, vai promover uma redução no número de leitos para cortar gastos. O anúncio foi feito em reunião nesta sexta-feira (22) com a presença de diversos funcionários.

Por telefone, a assessoria da direção clínica confirmou a informação, mas disse que as alternativas para redução de custos estão sendo discutidas internamente. Segundo servidores ligados à Secretaria Estadual de Saúde, o diretor-técnico Alexandre Frizzo se reuniu pela manhã com trabalhadores do hospital e informou que teria recebido do Governo a “missão” de reduzir os custos do HRMS por limites da Lei de Responsabilidade Fiscal.

A redução no número de leitos em diversos setores do Hospital seria uma forma de diminuir a necessidade de funcionários por período para cortar o custo com horas-extras. O Governo do Estado, através da assessoria, informou apenas que “no hospital está tudo tranquilo e normal”, sem confirmar a redução nos leitos.

Mas entre os servidores do HRMS a preocupação é sobre os impactos que os cortes devem ter no atendimento à população. Apenas os CTIs – Centros de Terapia Intensiva e unidades intermediárias devem continuar com o mesmo número de leitos. Uma das opções de atendimento apontadas pela diretoria do Hospital seria a transferência e encaminhamento de pacientes para o Hospital São Julião.

Diminuição gradual

O Ministério da Saúde ainda não se pronunciou sobre a decisão. As informações oficiais do HRMS informam um total de 302 leitos com 45 especialidades médicas. Na base de dados do DataSUS, porém, atualmente contam apenas 253 leitos listados. Em outubro de 2009 o CNES – Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde aponta que existiam 275 leitos no HRMS.

Os dados disponíveis sobre o HR na base de dados do SUS podem ser acessados pelo endereço http://cnes.datasus.gov.br/Mod_Hospitalar.asp?VComp=&VUnidade=5002700009725.

Jornal Midiamax