Geral

Diretor da Emha vai receber moradores da Morada Verde

A Empresa Municipal de Habitação (Emha) vai receber hoje a tarde uma comissão de moradores de uma favela localizada no bairro Morada Verde, em Campo Grande. Representantes estiveram hoje de manhã na Câmara de Vereadores para pedir apoio, já que foram notificados para sair da área até amanhã. O diretor-presidente da Emha, Paulo Matos disse […]

Arquivo Publicado em 13/07/2010, às 16h11

None

A Empresa Municipal de Habitação (Emha) vai receber hoje a tarde uma comissão de moradores de uma favela localizada no bairro Morada Verde, em Campo Grande. Representantes estiveram hoje de manhã na Câmara de Vereadores para pedir apoio, já que foram notificados para sair da área até amanhã.


O diretor-presidente da Emha, Paulo Matos disse ao Midiamax que no dia que a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Semadur) notificou as famílias para que deixem o local até amanhã, a empresa municipal de habitação acompanhou e fez um cadastro de todos os moradores. “Verificamos que a maioria deles já foi contemplada com moradias e acabou repassando para familiares ou vendendo e depois voltou à condição de favelados. Infelizmente, não poderemos atender novamente, mesmo que conseguiram imóveis públicos do governo estadual”.


A moradora Índia Mara diz que, realmente, existem novos moradores, mas há também famílias há mais de um ano no local esperando por uma casa. “Acho que o poder público deveria fiscalizar melhor para não penalizar quem precisa”, sugere.


O encontro com os moradores vai acontecer na sede da Emha e está previsto para as 15h. Paulo Matos disse que vai mostrar o levantamento dos moradores. Segundo ele, caso os moradores não acatem o pedido de desocupação, amanhã vai acontecer o pedido de reintegração solicitado na Justiça pela Semadur.

Jornal Midiamax