Geral

Dilma destaca lealdade de Nelsinho e afirma que apoio é postura “elegante e coerente”

Prefeito da Capital será convidado a compor frente pró-ministra no Centro-Oeste e pode até ser um dos coordenadores

Arquivo Publicado em 27/01/2010, às 16h58

None

Prefeito da Capital será convidado a compor frente pró-ministra no Centro-Oeste e pode até ser um dos coordenadores

Pré-candidata à presidência da República pelo PT, a ministra-chefe da Casa Civil Dilma Rousseff recebeu com satisfação a informação de que o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB) deverá apoiá-la nestas eleições. O relato é do deputado federal Vander Loubet (PT) que na tarde de ontem comunicou tal fato à ministra.

Vander participou da gravação de um vídeo institucional do PT em uma chácara em Brasília onde conversou com Dilma sobre o assunto.

Conforme o parlamentar, a ministra teria destacado a “lealdade” e “reciprocidade” de Nelsinho e qualificado a atitude dele como “elegante” e coerente”. O deputado federal relata ainda que o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha — que deve assumir a coordenação política da campanha da petista — vai convidar Nelsinho para compor a frente de prefeitos pró-Dilma no Centro-Oeste.

Nelsinho, segundo outra fonte, estaria cotado para ser um dos coordenadores da frente de prefeitos.


A frente, cujo número de prefeitos ainda é desconhecido, quer abrigar todos os gestores municipais que declararem apoio ao projeto do PT, independente da sigla partidária. Em Mato Grosso do Sul, já existe uma frente de prefeitos e vices do PT, sob a coordenação de Ruiter Cunha (Corumbá).


Conforme Vander, ao envolver os gestores municipais, o PT pretende “fazer uma campanha na linha municipalista” destacando as melhorias que o trabalho de Dilma proporcionou às cidades brasileiras.

Vander elogia a postura de Nelsinho de apoiar Dilma, independente da eleição para governador. Como se sabe PT e PMDB devem voltar a rivalizar pelo comando do Estado.

O prefeito diz que sua prioridade é a reeleição de André Puccinelli (PMDB) que deve enfrentar Zeca do PT nas urnas. “Não tem problema nenhum ele não nos apoiar para o governo. O que nós queremos é unir forças para que Dilma seja vitoriosa no Estado”, analisa Vander.

O deputado, aliás, foi o primeiro petista a mencionar a possibilidade de Nelsinho apoiar Dilma.

O possível apoio de Nelsinho à candidata do PT também foi antecipado pelo Midiamax em reportagem veiculada na tarde de sábado, dia 23.

Nos últimos dias, o prefeito tem justificado seu apoio à presidenciável do PT. Ele afirma estar sendo beneficiado por recursos federais com os quais faz obras importantes na cidade. “Não vou contra [Dilma e Lula] em função da lealdade que tenho com aqueles que me ajudam”, argumenta.

Além de Dilma, estavam presentes à gravação da mensagem institucional na chácara, ministros do PT e outras autoridades. O vídeo festeja os 30 anos do partido e deve ir ao ar em duas datas, 9 de fevereiro (regional) e 10 de fevereiro (nacional).

Jornal Midiamax