Geral

Detentos denunciam situação precária em presídio de Três Lagoas

Internos do Presídio de Segurança Média (PSM) de Três Lagoas fizeram um abaixo assinado contra as condições precárias do estabelecimento penal. No documento endereçado a 1ª Vara de Execuções Penais de Três Lagoas, os detentos relatam a situação precária dos banheiros das celas, que estão provocando mau cheiro e por muitas vezes os vasos sanitários […]

Arquivo Publicado em 03/09/2010, às 14h56

None

Internos do Presídio de Segurança Média (PSM) de Três Lagoas fizeram um abaixo assinado contra as condições precárias do estabelecimento penal.


No documento endereçado a 1ª Vara de Execuções Penais de Três Lagoas, os detentos relatam a situação precária dos banheiros das celas, que estão provocando mau cheiro e por muitas vezes os vasos sanitários chegam a transbordar. Tal situação, conforme a reclamação dos internos tem provocado infecções e micoses nos apenados.


Além do problema com os banheiros, os presidiários se sentem constrangidos quando recebem visitas de seus familiares, uma vez que eles não possuem um lugar apropriado para fazerem suas necessidades fisiológicas.


Outra situação apontada no abaixo assinado é a péssima alimentação que está sendo servida pela empresa que abastece o presídio. O cardápio, segundo o consta no abaixo-assinado, é composto apenas por salsicha, ovo, fígado, mandioca e carne cozida.


Os detentos solicitam que o Poder Judiciário de Três Lagoas tome providência com relação ao problema que estão enfrentando com a manutenção das celas e com a alimentação.


No documento, os presos pedem para que seja realizada uma vistoria nas celas por parte das autoridades competentes para comprovar os fatos narrados no relatório. Os detentos alegam que se nada for feito para solucionar o problema, eles irão recorrer a Brasília.

Jornal Midiamax