Geral

Comissão da OAB/MS questiona Jerson Domingos sobre denúncias de corrupção

A comissão especial da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS) que acompanha as investigações das denúncias de corrupção nos três poderes e no Ministério Público Estadual reuniu-se nesta terça-feira (26) com o presidente da Assembleia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB). Participaram do encontro os ex-presidentes da Ordem Marcelo Barbosa Martins, Elenice Carille e o advogado Marc...

Arquivo Publicado em 26/10/2010, às 13h50

None

A comissão especial da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS) que acompanha as investigações das denúncias de corrupção nos três poderes e no Ministério Público Estadual reuniu-se nesta terça-feira (26) com o presidente da Assembleia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB).


Participaram do encontro os ex-presidentes da Ordem Marcelo Barbosa Martins, Elenice Carille e o advogado Marco Antonio Ferreira Castello.


O deputado estadual recebeu um ofício da OAB/MS questionando quais providências a Assembleia Legislativa tinha tomado sobre o assunto. Jerson relatou aos membros da comissão que a Casa de Leis já enviou uma série de documentos ao MPE, e que foi solicitado mais prazo ao órgão para envio de nova documentação. O parlamentar também comentou sobre a atuação da corregedoria no caso.


Os membros da comissão demonstraram preocupação com as declarações do corregedor da Assembleia, deputado Maurício Picarelli (PMDB), no sentido de minimizar as afirmações de Ary Rigo. “Ainda não analisei os vídeos com profundidade, mas me parece que foram bravatas. Ele estava tentando aparecer para o interlecutor”, supôs Picarelli em 6 de outubro. As gravações já foram transcritas e o parecer da corregedoria foi entregue à Mesa Diretora da Assembleia em 19 de outubro.


Na próxima quarta-feira (27), os membros do Fórum MS pela Ética fazem uma reunião na sede da OAB/MS para discutir as próximas ações do grupo. Representantes da Federação dos Trabalhadores em Educação (Fetems) e do Centro de Defesa da Cidadania e dos Direitos Humanos (CDDH/MS) foram convidados a participar.

Jornal Midiamax