Geral

Cielo leva ouro nos 50m livre

Brasileiro não deu chances para o alemão Steffen Deibler na etapa carioca da Copa do Mundo de natação

Arquivo Publicado em 12/09/2010, às 17h33

None

Brasileiro não deu chances para o alemão Steffen Deibler na etapa carioca da Copa do Mundo de natação

O brasileiro César Cielo novamente não deu chances para o alemão Steffen Deibler na etapa carioca da Copa do Mundo de natação. Depois de superar o rival para ficar com o ouro nos 100 metros livre, no sábado, Cielo voltou a deixar Deibler em segundo na final dos 50 metros livre neste domingo, conquistando mais uma vitória no Parque Aquático Maria Lenk.

Recordista mundial de ambas as provas em piscina longa, o nadador provou que também domina as distâncias na piscina curta. Na decisão deste domingo, Cielo não conseguiu repetir o seu melhor tempo, de 21s08, feito nas eliminatórias, mas a marca de 21s16 foi suficiente para bater os 21s23 do alemão. Completando o pódio, Nicholas dos Santos ficou em terceiro, com 21s76.

Quem também brilhou no Rio foi Thiago Pereira, que conquistou mais dois ouros. Já vencedor nos 100 e 400 metros medley, no sábado, o nadador ainda levou a melhor nos 200 metros livre e na mesma distância medley.

Na última, inclusive, Thiago também estabeleceu um nove recorde sul-americano, com o tempo de 1min52s72. Ainda no masculino, Felipe França conquistou o seu segundo ouro na competição ao triunfar nos 100 metros peito.

No feminino, Joanna Maranhão venceu mais duas provas e terminou a etapa com três ouros. Neste domingo, ela triunfou nos 400 metros medley e nos 200 metros borboleta. Já Fabíola Molina levou duas pratas, nos 100 metros costas e na mesma distância medley. Nos 50 metros borboleta, Gabriella Silva também ficou em segundo, mas bateu o recorde sul-americano, com 25s93.

O Brasil terminou a etapa carioca na liderança do quadro de medalhas. Foram 16 conquistas douradas, 22 pratas e 21 bronzes para os nadadores brasileiros. A Copa do Mundo ainda terá mais seis etapas, sendo a próxima em Pequim. A competição serve como classificatório para o Mundial de piscina curta, em Dubai, nos Emirados Árabes, em dezembro.

Jornal Midiamax