Geral

Católicos realizam mutirão de orações pedindo paz na política de Dourados

Preocupados com turbulência política em Dourados iniciada depois das prisões de políticos e empresários na Operação Uragano, católicos da Paróquia Nossa Senhora Aparecida estão realizando um “mutirão evangelizar” pedindo orações para que a paz se restabeleça no município. O movimento que está sendo coordenado pelo diácono Luiz Wanderley Schluchting com apoio do pároco Gregório O...

Arquivo Publicado em 19/09/2010, às 15h15

None

Preocupados com turbulência política em Dourados iniciada depois das prisões de políticos e empresários na Operação Uragano, católicos da Paróquia Nossa Senhora Aparecida estão realizando um “mutirão evangelizar” pedindo orações para que a paz se restabeleça no município.


O movimento que está sendo coordenado pelo diácono Luiz Wanderley Schluchting com apoio do pároco Gregório Olapito Wuwur está concentrado na Avenida Weimar Torres e em frente ao Shopping Avenida Center com a distribuição de panfletos educativos.


Luiz Wanderley afirmou que a maior preocupação dos douradenses é com os últimos acontecimentos políticos e os atos de violência que acontecem na Câmara Municipal na semana passada.


“Devemos estar atentos cobrando da justiça e da classe política que a situação seja resolvida o mais rápido possível”, disse o diácono ao explicar que “somente a oração, o jejum e a meditação nas palavras ensinadas por Cristo será possível tirar a ira dos corações das pessoas e trazer Dourados de volta à normalidade”.


O padre Olápito Wuwur, disse que a os católicos e pessoas das demais religiões não podem se ausentar deste momento histórico para Dourados. “Vamos fazer nossas orações pedindo a paz para que a violência não aumente e que a normalidade volte o mais rápido possível”, disse o padre que está pedindo que a população reze uma Ave-Maria durante trinta dias não só pela paz em Dourados como em todo o mundo.

Jornal Midiamax