Geral

Carreta carregada com gasolina capota na Capital e bombeiros tentam impedir explosão

Militares do Corpo de Bombeiros utilizaram mais de quatro mil litros de água e líquido gerador de espuma para impedir uma explosão.

Arquivo Publicado em 15/12/2010, às 17h08

None

Militares do Corpo de Bombeiros utilizaram mais de quatro mil litros de água e líquido gerador de espuma para impedir uma explosão.

A carreta bi-trem, de placa HRO-7794 – Campo Grande-MS que vinha da cidade de Paulínia-SP, carregada com 40 mil litros de gasolina capotou na rotatória da BR 262, na saída para Aquidauana, por volta das 13h20, desta quarta-feira, em Campo Grande. Militares do Corpo de Bombeiros já utlizaram mais de quatro mil litros de água e líquido gerador de espuma para impedir que ocorra explosão.

O motorista, identificado como sendo José Francisco da Silva, foi socorido com escoriações leves para a Unidade de Pronto Atendimento Vila Almeida (UPA). Segundo os primeiro levantamentos no local, o condutor pode ter perdido o controle da direção ao fazer a curva com velocidade acima do permitido no local.

Segundo o encarregado de frota da empresa Locatelli, Cícero Medeiros, o caminhão não possui seguro, mas a carga que é avaliada em R$ 80 mil tem. O prejuízo total calculado por ele deve ficar entre R$ 300 mil a R$ 500 mil.

Viaturas do Corpo de Bombeiros fazem o trabalho de resfriamento do caminhão e aguarda também a presença da Polícia Militar Ambiental, uma vez que a carga sugere risco ambiental e a empresa, além de ter que retirar a gosolina da carreta, pode responder por crime ambiental.


(Matéria editada às 15h15 para alteração)

Jornal Midiamax