Geral

Bruno é levado para penitenciária em MG

O goleiro Bruno deixou o Departamento de Investigações de Minas Gerais, em Belo Horizonte, por volta de 16h40 desta sexta-feira (9). O atleta foi levado para a Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem (MG), onde chegou por volta de 17h30. Além de Bruno, seu amigo Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, e o ex-policial Marcos Aparecido […]

Arquivo Publicado em 09/07/2010, às 19h54

None

O goleiro Bruno deixou o Departamento de Investigações de Minas Gerais, em Belo Horizonte, por volta de 16h40 desta sexta-feira (9). O atleta foi levado para a Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem (MG), onde chegou por volta de 17h30.


Além de Bruno, seu amigo Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, e o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, também conhecido como Bola, também seguiram para o presídio.


Bruno é suspeito de envolvimento no sumiço de Eliza Samudio. A jovem teve um relacionamento com o goleiro e desapareceu quando tentava provar que ele é pai de seu filho, de 4 meses. Macarrão e Bola também teriam participado do desaparecimento.


Bruno, Macarrão e Bola passaram a noite nessa penitenciária, para onde foram transferidos na madrugada desta sexta-feira.


Buscas


O Corpo de Bombeiros retomou, nesta sexta, as buscas pelo corpo de Eliza Samudio no sítio alugado por Marcos Aparecido dos Santos, conhecido como Bola. A propriedade fica em Esmeraldas (MG).


Material Genético


O delegado Edson Moreira afirmou que o goleiro Bruno e os outros dois suspeitos de envolvimento no desaparecimento de Eliza foram orientados pelos advogados a não ceder material genético para as investigações.


De acordo com a Polícia Civil, o material dos suspeitos seria comparada aos vestígios de sangue encontrados no carro de Bruno. O veículo foi apreendido durante um blitz, em 8 de junho, por problemas com documentação.


 Segundo Moreira, não há data definida para o depoimento de Bruno. O delegado afirma que nenhum dos três suspeitos falou à polícia e não estariam cooperando com as investigações.


Computador de Eliza


Um computador pessoal de Eliza, entregue à polícia por uma amiga, será encaminhado à perícia. De acordo com Moreira, fotos e conversas gravadas pela jovem serão analisadas.

Jornal Midiamax