Geral

Bruno é isolado e não poderá receber visitas

O goleiro Bruno e outros cinco suspeitos do assassinato da modelo Eliza Samudio, ex-amante do jogador, foram isolados em celas individuais de um presídio de Belo Horizonte e não terão visitas nos próximos 30 dias, informou hoje uma fonte oficial. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Minas Gerais indicou que os seis foram isolados […]

Arquivo Publicado em 10/07/2010, às 20h38

None

O goleiro Bruno e outros cinco suspeitos do assassinato da modelo Eliza Samudio, ex-amante do jogador, foram isolados em celas individuais de um presídio de Belo Horizonte e não terão visitas nos próximos 30 dias, informou hoje uma fonte oficial.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Minas Gerais indicou que os seis foram isolados do restante dos detentos, para preservar a integridade física dos implicados, que ficarão em celas separadas.

Segundo a secretaria, nesse tempo, os acusados poderão receber apenas os advogados, mediante autorização judicial.

Os suspeitos também não poderão tomar sol nos pátios da prisão Nelson Hungria, de Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte.

Jornal Midiamax